Com suspeita de ataque virtual, Americanas e Submarino saem do ar

Buscar

Com suspeita de ataque virtual, Americanas e Submarino saem do ar

Buscar
Publicidade

Marketing

Com suspeita de ataque virtual, Americanas e Submarino saem do ar

Sites das marcas estão indisponíveis desde o último domingo, 20, após instabilidade e registro de acesso não autorizado

Fill out the form below to send a message:


21 de fevereiro de 2022 - 9h00

*Atualizada às 10h36

App da Americanas também passa por instabilidades (Crédito: Reprodução)

Os sites da Americanas e do Submarino estão fora do ar desde domingo, 20. A instabilidade vem sendo registrada desde o dia anterior, atingindo também o app das marcas e serviços de login, que apresentam dificuldades na realização de pesquisa de produtos e compras. Segundo o g1, as plataformas estão indisponíveis para acesso desde cerca de 20h20, no horário de Brasília. A suspeita é de que o sistema das companhias tenha sofrido ataques hackers, após notificações de “acessos não autorizados”.

Nas redes sociais, usuários deram queixas da instabilidade dos serviços. Ainda no sábado, a Americanas S.A. comunicou sobre o ocorrido, alegando a suspensão preventiva de parte dos servidores após identificar o risco de ataques. No dia seguinte, o mercado foi novamente notificado de que a “voltou a suspender proativamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce na madrugada deste domingo (20/02) e acionou prontamente seus protocolos de resposta assim que identificou acesso não autorizado”. Já o Submarino foi citado em 71 reclamações de consumidores brasileiros no Downdetector, por volta das 9h da manhã de sábado.

 

Sistemas apresentam falhas de DNS (Crédito: Reprodução/Americanas)

Ainda que haja a suspeita de ataques virtuais, a Americanas apontou na notificação de que não havia sinais de comprometimento de bases de dados.

*Crédito da imagem do topo: Shutterstock

Essa não é a primeira vez que empresas tem seus serviços prejudicados por ataques virtuais. Em agosto do ano passado, a Renner sofreu um ataque cibernético que derrubou parte de seu sistema e deixou o site da companhia fora do ar. A situação só voltou a normalidade três dias depois. 

Até o momento desta reportagem, as plataformas das marcas continuavam fora do ar. Na manhã desta segunda-feira, 21, a Americanas reiterou a suspensão preventiva dos servidores do ambiente de e-commerce, além de informar que atua com recursos técnicos e especialistas para normalizar a situação com segurança o mais rápido possível, e que as lojas físicas não tiveram atividades interrompidas e permanecem operando.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Itaú negocia venda do Espaço Itaú de Cinema

    Itaú negocia venda do Espaço Itaú de Cinema

    Segundo o Itaú, esse acordo será com uma grande rede exibidora; em breve, a empresa trará novos detalhes da negociação

  • Shopee e Salon Line se unem em produto capilar vegano

    Shopee e Salon Line se unem em produto capilar vegano

    Colaboração apresenta Cronograma Capilar Shopee e Salon Line, kit limitado com três máscaras de hidratação lançado nesta quinta-feira, 22