Como as marcas influenciam o preço das ações?

Buscar

Como as marcas influenciam o preço das ações?

Buscar
Publicidade

Marketing

Como as marcas influenciam o preço das ações?

Interbrand indica que analistas de investimento e jornalistas acreditam que a estratégia da marca tem um impacto em alterações dos índices de preço e lucro


20 de março de 2024 - 15h46

Em busca de compreender o impacto da estratégia de marca no preço de ações das companhias, a Interbrand desenvolveu um estudo ao lado da NewtonX e da Brodeur Partners, batizado de “Como a marca influencia o preço das ações”.

interbrand

(Crédito: Dragan/Adobestock)

Entre os resultados, o levantamento aponta que 67% das empresas analisadas do S&P 500 podem estar sendo avaliadas de forma incorreta. Ou seja: por muitas vezes, os preços das ações não refletem o verdadeiro valor de uma companhia.

A primeira parte do estudo foi realizada com 241 profissionais que têm relações com investidores, analistas financeiros e jornalistas especializados. Na sequência, a metodologia categorizou 532 empresas de 51 setores de mercado em grupos distintos com base no seu índice preço/lucro e na rapidez do preço das ações a partir da análise de empresas norte-americanas cotadas na S&P 500 e das 100 melhores marcas globais da Interbrand.

A pesquisa chama a atenção para o fato de que há uma desconexão entre o desempenho das empresas e a análise de investidores sobre suas marcas. Isso não significa uma desvalorização das marcas. Para a amostra consultada, a estratégia de marca é o segundo quesito mais importante para 19,8% ao avaliarem as perspectivas de uma empresa. O primeiro são as previsões financeiras (29,1%).

Na sequência, aparecem ameaças da concorrência (18,6%), os fatores macroeconômicos (17,9%) e a reputação de quadros superiores (14,7%). Contudo, a maior parte (90%) dos analistas de investimento não têm um conhecimento aprofundado sobre o posicionamento e da estratégia das empresas.

O que pensam os profissionais

Setenta e seis por cento dos jornalistas de investimento e jornalistas ouvidos pelo estudo disseram que a estratégia de marca tem um impacto de moderado a grande nas alterações dos índices de preço e lucro. Apenas 1% afirmou impacto zero.

Já 39% apontaram que recebem frequentemente ou quase sempre um briefing da empresa que estão a avaliar. Enquanto isso, mais da metade (64%) gostariam de ser informados com tal frequência.

Para maximizar o impacto das marcas na avaliação das companhias, o relatório dá algumas recomendações às empresas. São elas: o desenvolvimento de um modelo de avaliação de marca, condução de pesquisas junto à comunidade financeira, análise da efetividade de sua comunicação e revisão de estratégias de marca.

Publicidade

Compartilhe

Veja também