Rede de supermercados Dia pede recuperação judicial no País

Buscar

Rede de supermercados Dia pede recuperação judicial no País

Buscar
Publicidade

Marketing

Rede de supermercados Dia pede recuperação judicial no País

Companhia do segmento de varejo já havia comunicado, na semana passada, o fechamento de 343 lojas em todo o País


21 de março de 2024 - 12h15

Supermercados Dia

(Crédito: Divulgação)

Uma semana depois de comunicar o fechamento de mais de 300 unidades no Brasil, mantendo apenas as operações do estado de São Paulo, a rede de supermercados Dia entrou com pedido de recuperação judicial no País.

De acordo com o comunicado da companhia, a medida tem o objetivo de tentar superar a atual situação econômica e financeira.

O pedido de recuperação judicial foi feito em decorrência do processo de reestruturação do grupo de supermercados no Brasil, anunciando no último dia 14.

“Diante dos persistentes resultados negativos registrados no país, a companhia decidiu proceder com o fechamento de 343 lojas e 3 Centros de Distribuição, para tentar dar maior estabilidade ao seu funcionamento enquanto se aguarda a definição de novas decisões estratégicas, como a anunciada hoje”, diz a empresa, em comunicado.

O Grupo Dia chegou ao mercado brasileiro em 2001 e, segundo a própria companhia, embora tenha realizado grandes investimentos e esforços, no alcançou o retorno esperado.

Além do mercado brasileiro, o Grupo Dia também opera na Espanha, seu país de origem, e na Argentina.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Dove aposta em especialista em IA para incentivar beleza sem padrões

    Dove aposta em especialista em IA para incentivar beleza sem padrões

    Como embaixadora de Dove pela Real Beleza, Heloisy Pereira Rodrigues, formada em IA, trabalhará junto a marca em iniciativas da IA a favor da beleza sem padrões

  • Nivea usa gamificação para falar de cuidados com a pele

    Nivea usa gamificação para falar de cuidados com a pele

    Iniciativa acontecerá presencialmente em São Paulo, Campinas e Curitiba para democratizar conhecimento sobre a pele