Threads, da Meta, será lançado nesta quinta-feira, 6

Buscar

Threads, da Meta, será lançado nesta quinta-feira, 6

Buscar
Publicidade

Mídia

Threads, da Meta, será lançado nesta quinta-feira, 6

Aplicativo Threads, que competirá com Twitter, apareceu na lista de aplicativos da App Store e Google Play Stre com a data do lançamento


4 de julho de 2023 - 9h35

O novo app da Meta, Threads, semelhante ao Twitter, será disponibilizado ao público nesta quinta-feira, 06. Usuários conseguiram visualizar a prévia da plataforma listada entre os aplicativos disponíveis tanto na App Store, quanto no Google Play Store, com disponibilidade a partir dessa semana.

Novo app da Meta já pode ser visualizado nas lojas de aplicativo do iOS e Android (Crédito: Reprodução/App Store)

A big tech também vem dando pistas sobre seu novo serviço dentro do próprio Instagram. Ao digitar “threads” na aba de pesquisas, um ícone vermelho em formato de ticket aparece. Ao clicar, os usuários são direcionados para uma contagem regressiva para o dia 06, bem como um card com informações do lançamento no horário local. No Brasil, ocorrerá às 11h.

Além disso, a espécie de card virtual traz o nome de usuário do perfil do Instagram, bem como um número e um QR code que leva para o link threads.net. Ao que tudo indica, este é o endereço da plataforma na web. Abaixo, um botão indica “Baixar o Threads”. Anteriormente à data de lançamento oficial, rumores já indicavam que o no app teria integração de informações com o Instagram.

O The Verge destaca a descrição do Threads na App Store: “Threads é onde as comunidades se reúnem para discutir tudo, desde os tópicos de seu interesse hoje, até o que será tendência amanhã. Seja qual for o seu interesse, você pode seguir e se conectar diretamente com seus criadores favoritos e outras pessoas que amam as mesmas coisas — ou criar seguidores leais para compartilhar suas ideias, opiniões e criatividade com o mundo”.

threads

Além do descritivo, a App Store conta com imagens que mostram como será o novo app (Crédito: Reprodução/App Store)

Respostas a mudanças no Twitter

O anúncio repentino coincide com as mudanças recentes feitas por Elon Musk no Twitter. No último final de semana, o proprietário da big tech informou os usuários sobre limites de visualização de tuítes de acordo com o selo de verificação do perfil ou tempo desde a criação da conta. Ademais, usuários não registrados na rede social não poderão mais visualizar postagens.

Com a notícia, a plataforma do passarinho azul encarou uma espécie de fuga de usuários. O Bluesky, aplicativo descentralizado que tem o ex-CEO do Twitter como fundador, suspendeu temporariamente as inscrições após uma nova onda de novos entrantes. O Mastodon, plataforma que também visa concorrer com o Twitter, registrou mais de 26 mil novas contas.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Band terá oito marcas na Fórmula 1 em 2024

    Band terá oito marcas na Fórmula 1 em 2024

    Por mais um ano como detentora oficial das transmissões da competição, grupo consegue patrocínios másters de Claro, Heineken, McDonald’s e Stone, além de outros cotistas

  • Max estreia no Brasil com foco em novelas e no Oscar

    Max estreia no Brasil com foco em novelas e no Oscar

    Plataforma de streaming substitui HBO Max e agregará o conteúdo do Discovery+; serviço oferece modelo de assinatura com publicidade