Copa do Mundo ou Show de Truman?

Buscar
Publicidade

Opinião

Copa do Mundo ou Show de Truman?

A FIFA, uma instituição ótima, super idônea, organizou o maior espetáculo esportivo da Terra, num país mágico! Onde a democracia e a tolerância não soltam as mãos.


22 de dezembro de 2022 - 6h00

Seja no Catar ou no Brasil cada um vai voltando, no seu tempo, à sua realidade (Crédito: Divulgação)

Ó mundo perfeito! Por um mês, foi tudo perfeito! A FIFA, uma instituição ótima, super idônea, organizou o maior espetáculo esportivo da Terra, num país mágico! Onde a democracia e a tolerância não soltam as mãos. Foi tudo TÃO perfeito! Dá só uma olhada no time que ganhou… Parece o time de pelada do Ken.

Dá vontade de vomitar, né? Maaasss, é Copa do Mundo, amigos… Esquece tudo e vamos aproveitar pois é a parada mais maneira do planeta e só acontece a cada 4 anos. Agora, eu fico imaginando o povo Catari… Todos aqueles figurantes do Show de Truman armado pelo Xeque vendo a rapaziada beber na rua, gente fazendo merda pra tudo que é lado, falando o que quer, levantando bandeiras progressistas só pra contrariar e até protestando contra ordens do rei. Imagina…

Os caras acordaram hoje como? Todo mundo foi embora, o cenário vai sendo desmontado, as luzes apagadas… Acabou! Os caras devem estar igual a Simone, se perguntando “O que será o amanhã? Como vai ser o meu destino?” “Será que também poderei andar bêbado pelas ruas? Será que poderei dar minha opinião em voz alta? Será que poderei questionar algo que não me parece certo?”

Será que a alegria atravessou o mar e amoleceu o coraçãozinho do líder supremo? Difícil, mas vai que…

Convido-lhes a conhecer Tamim bin Hamad al-Thani: https://bityli.com/haeFg

Bom, acabou o milho, acabou a pipoca. Seja no Catar ou no Brasil cada um vai voltando, no seu tempo, à sua realidade. Realidade! O que aconteceu no último mês não pode ser tratado como normal… Então, vamos combinar duas coisas?

Que a cada 4 anos, fecharemos os olhos para tudo e todos. E tudo bem! Mas, que também fique combinado que, entre Copas, não seremos condescendentes com corrupção, não aceitaremos intolerância e, principalmente, não negociaremos nossos valores.

Publicidade

Compartilhe

Veja também