Fora da DM9, Marcelo Passos quer liderar agência

Buscar

Comunicação

Publicidade

Fora da DM9, Marcelo Passos quer liderar agência

Profissional foi vice-presidente de atendimento da operação por quase cinco anos e, como novo desafio, quer ser presidente de uma empresa

Bárbara Sacchitiello
6 de março de 2018 - 17h11

Marcelo Passos, na conquista do Prêmio Caboré de 2013 (Crédito: Arquivo M&M)

Marcelo Passos não é mais o vice-presidente de atendimento da DM9DDB. Após quase cinco anos liderando a área de relacionamento com os clientes da agência, o executivo despediu-se de sua equipe na manhã desta terça-feira, 6. Antes disso, conversou com os copresidentes da agência, Marcio Oliveira e Paulo Coelho e, juntos, concluíram que o ciclo de Passos na casa seria encerrado.

“A nova presidência da agência está promovendo uma reestruturação, que engloba uma revisão geral da organização da diretoria e, também, da questão financeira. E dentro desse novo modelo de atuação que eles estão desenhando, não havia mais lugar para mim”, conta Passos.

O profissional, no entanto, elogia as medidas que vem sendo tomadas pela atual gestão da agência, que assumiu as operações em janeiro deste ano. “Já conhecia o Marcio Oliveira há muitos anos pois participamos juntos do Grupo de Atendimento e sei que, tanto ele quanto o Paulo estão com o desafio de rever a estrutura e compreender como a agência deve se posicionar para ter bons resultados nos negócios e saúde financeira”, comenta. Como último recado a sua equipe, Passos pediu apoio às novas lideranças e demonstrou otimismo em relação ao futuro da DM9. “Disse a eles que, independente de quem seja o novo líder de atendimento, para que o trabalho continue sendo desempenhado com muito empenho e confiança para que a DM9 volte a ocupar um patamar de agência robusta, com grandes clientes e cases”, comenta.

Em nota, Marcio Oliveira, copresidente da agência, elogia o trabalho de Passos. “Desde que cheguei a DM9DDB, venho junto com o também copresidente Paulo Coelho, conduzindo uma reestruturação na agência, com ajustes na equipe e gestão de clientes. Conheço o Marcelo há muitos anos. Fundamos juntos o Grupo de Atendimento, uma entidade que valorizou o profissional de atendimento e suas atribuições em todo o mercado. A DM9 agradece todos esses anos de Grupo ABC e tem certeza de que Marcelo continuará sua trajetória de sucesso” disse Oliveira, no comunicado.

Futuro
Marcelo Passos prevê dois caminhos possíveis para sua trajetória profissional. Um deles é voltar ao segmento de marketing e comunicação, caso receba uma proposta interessante de uma agência ou empresa do setor. O outro é empreender em uma área que, há tempos, vem despertando sua atenção. “Tenho observado que determinada disciplina de marketing tem feito trabalhos muito sem brilho e tenho muito vontade de atuar nesse área para levar inovação e novas ideias. Ainda não posso revelar qual é, mas acredito que, em breve, será a hora de tirar o projeto do papel”, promete.

Seja em sua empresa ou não, um dos objetivos profissionais que Passos não descarta é ter a oportunidade de liderar uma agência. “Venho me preparando para isso e é algo que ainda pretendo conquistar em minha carreira”, almeja.

Essa foi a segunda passagem do executivo pela DM9. Passos já havia trabalhado na agência de 2002 a 2004, como diretor executivo de contas. Posteriormente, também passou pela antiga MPM e Africa, até retornar a DM9DDB. Enquanto esteve nas agências do Grupo ABC, foi vice-presidente do Interactive Advertising Bureau (IAB) e vice-presidente do Grupo de Atendimento. Também foi diretor de marketing do Corinthians em 2015. Foi indicado ao Prêmio Caboré três vezes como Profissional de Atendimento e conquistou a coruja em duas delas (em 2011 e 2013).

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Agencias

  • DM9DDB

  • Marcelo Passos

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”