>>>>1131 >>> >>>1131 >>

Os estreantes do Cannes Lions: Rafael Lazarini

Buscar

Comunicação

Publicidade

Os estreantes do Cannes Lions: Rafael Lazarini

Meio & Mensagem mostra as impressões dos brasileiros que irão julgar os trabalhos no Festival; vice-presidente sênior e head de negócios e desenvolvimento da Live Nation participa do júri de Entertainment

Bárbara Sacchitiello
13 de junho de 2018 - 18h25

Rafael Lazarini participará do júri de Entertainment do Festival (Crédito: Divulgação)

Há dois meses, Rafael Lazarini participou do Festival Internacional de Criatividade de Cannes, em um painel que falava sobre conteúdo, marcas e storytelling. Desde então, muitas coisas mudaram tanto na carreira do profissional como no próprio Festival, que passou a ter o conteúdo e o entretenimento como importantes pilares.

Agora, Lazarini volta à Cannes para a importante de missão de julgar os melhores trabalhos de Entertainment, categoria que abriga os cases de publicidade no qual a marca cedeu o palco para que um elemento de conteúdo assumisse o protagonismo e, assim, conquistasse a atenção de seu público-alvo. “Confesso que fiquei bastante surpreso e feliz com o convite para integrar o júri do Entertainment Awards no Cannes Lions. Tenho alguns amigos que já participaram do juri no Festival e o feedback era sempre muito positivo, o que despertou uma certa curiosidade. Por outro lado, como nunca atuei diretamente no mercado publicitário, não alimentava nenhuma expectativa de ser chamado”, confessa Lazarini.

Apesar de não atuar diretamente em uma agência ou anunciante, o profissional faz parte do elo que conectam marcas e pessoas por meio do entretenimento. Com um histórico de atuação em diversas agências de eventos e live, Lazarini foi um dos membros da diretoria do Rock In Rio, do Cirque du Soleil e é, atualmente, vice-presidente sênior e head de business development da Live Nation.

Lazarini acredita que o convite para ser jurado em Cannes veio em um importante momento de sua carreira. Há dois meses, ele realizava a primeira edição do Rio Creative Conference, evento que fundou – como uma expansão do antigo Rio Content Market – para reunir, no Rio de Janeiro, as indústrias do audiovisual, negócios, música e entretenimento. “Tenho usado muito do que foi debatido durante o evento para meu processo de análise e avaliação dos trabalhos de Cannes”, comenta.

Trabalhos esses que já começaram bem antes do executivo pegar o avião rumo à Riviera Francesa. Ele já avaliou mais de 300 cases, via online, para ajudar o júri a filtrar as melhores peças. “Esse trabalho inicial é o que determina a linha de corte para o que entrará ou não no shortlist. Muita coisa bacana, de todo o mundo. Tive até que montar um planilhão para poder descrever cada trabalho e identificar os pontos fortes que mais gostei”, revela.

Leia também outros perfis da série “Os estreantes do Cannes Lions”:
Laura Esteves
Mônica Salgado
Alberto Lopes
Bruno Abner
Paula Lindenberg
Giovanni Vannucchi
Fernando Guntovitch
Alessandra Sadock

Saulo Rodrigues

Andrea Siqueira
Cesar Toledo
Kito Siqueira
Patricia Bartuira
Paulo Coelho

Crédito da imagem no topo: Eduardo Lopes/Imagem Paulista

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Brasil

  • Cannes

  • jurados

  • Rafael Lazarini

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”