Família Civita passa comando da Abril à consultoria

Buscar

Mídia

Publicidade

Família Civita passa comando da Abril à consultoria

Giancarlo Civita deixa a liderança, que será ocupada por Marcos Haaland, diretor-geral da Alvarez & Marsal


19 de julho de 2018 - 18h30

Marcos Haaland é o novo CEO do Grupo Abril (Crédito: Reprodução/LinkedIn)

Comandado por Giancarlo Civita desde março – quando o então presidente, Arnaldo Figueiredo Tibyriça, deixou a presidência – o Grupo Abril tem uma nova liderança cuja proposta será reorganizar a gestão e os negócios.

De acordo com informação do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Marcos Haaland, foi escolhido como CEO do Grupo. Consultada pela reportagem, a assessoria de imprensa da Abril confirma a contratação de Haaland, que é diretor geral da consultora Alvarez & Marsal.

A empresa foi contratada pelo grupo de mídia para consolidar uma nova gestão, sem a presença da família Civita. Com a mudança, Giancarlo Civita volta a se dedicar exclusivamente à função de membro permanente do conselho editorial, junto com Victor Civita Neto. A posição acionária da família Civita no grupo permanece a mesma.

Marcos Haaland será o quarto executivo a assumir o comando do grupo Abril em pouco mais de um ano. Em novembro de 2017, Walter Longo deixou a empresa após dois anos na liderança, sendo substituído por Arnaldo Figueiredo Tibyriçá – até então presidente jurídico da Abril. Tibyriçá permaneceu na liderança até março deste ano, quando Giancarlo Civita acumulou a presidência do Grupo com a do conselho da Abril. Agora, Gianca, como é conhecido do mercado, passa a gestão da empresa para a consultoria Alvarez & Marsal.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”