Simba manterá sinal dos canais na Vivo

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Simba manterá sinal dos canais na Vivo

Record TV também manterá transmissão linear online e, ao lado de RedeTV e SBT, não deve sair do ar para assinantes da operadora da Telefonica

Bárbara Sacchitiello
29 de março de 2017 - 17h09

Vivo-Tv

(Crédito: reprodução)

A Simba Content, joint venture formada por RecordTV, RedeTV e SBT, está perto de ter sua primeira vitória na guerra travada contra as operadoras de TV por assinatura. Em comunicado divulgado na tarde desta quarta-feira, 29, a empresa declara que deu início às negociações com a Vivo.

Diante desse posicionamento, o sinal de RecordTV, RedeTV e SBT não deverá ser cortado para os mais de 1,6 milhão de assinantes da operadora às 23h59 desta quarta-feira, quando ocorrerá o desligamento oficial do sinal analógico de TV.

No comunicado, a Simba Content diz que “as negociações pelo conteúdo de RecordTV, RedeTV! e SBT com a operadora de televisão por assinatura Vivo avançam de maneira positiva. Por essa razão, a Simba decide manter o conteúdo disponível aos assinantes da operadora pelos próximos dias, enquanto as negociações acontecem.”. A empresa também aproveita para criticar Net, Sky e ClaroTV, que estão mais inflexíveis na negociação. “Esperamos que as outras operadoras, Net, Claro, Embratel, Oi e Sky tenham a mesma sensibilidade da Vivo, para não prejudicar o assinante de televisão paga no Brasil

Record online
A Record TV anunciou ainda que vai transmitir via streaming sua programação. Os interessados poderão assistir às atrações da grade linear do canal pelo portal R7.com ou pelo aplicativo Record TV para dispositivos móveis Android ou Apple.

Entenda a polêmica
O embate entre Simba e a operadoras de TV por assinatura se tornou mais acirrado desde o fim de semana. Com a proximidade do switch-off do sinal analógico – que encerra a obrigatoriedade do carragemento obrigatório dos canais abertos por parte das operadoras de TV – os dois lados vêm tentando convencer o público espectador de que estão com o razão por meio de comunicados e comerciais exibidos em toda sua programação.

Do lado as emissoras abertas, a Simba Content pleiteia o pagamento pelo fornecimento do sinal digital dos três canais. De acordo com a empresa, Net, Sky, VivoTV e outras operadoras já remuneram outros players nacionais e internacionais e, portanto, é justo que também paguem pelo conteúdo de veículos que geram uma audiência significa.

Já o contra-argumento das operadoras é o de que esses canais sempre ofereceram seu sinal gratuitamente e, agora, optaram por fazer uma cobrança que pode prejudicar diretamente os consumidores – uma vez que o custo maior do pagamento seria, fatalmente, repassados aos assinantes.

Desde o início dessa quarta-feira, 29, a Net começou a veicular uma chamada em seu canal de assinantes na qual avisa aos espectadores que os três canais sairão do ar e ensina como captar o sinal aberto das três emissoras via antena convencional. Já a Sky posicionou-se abertamente contra as intenções da Simba Content e chamou a decisão da empresa de “unilateral”.

*Atualizado e editado às 18h15, com informações sobre transmissão via streaming da Record TV

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • redetv

  • SBT

  • Sky

  • net

  • RecordTV

  • Simba Content

  • vivoTV

  • ClaroTV

  • TV Paga

  • Polêmica

  • sinal

  • TV digital

  • switch off

  • SImba

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”