Ação de Guaraná Antarctica atrai marcas para o futebol feminino

Buscar

Ação de Guaraná Antarctica atrai marcas para o futebol feminino

Buscar
Publicidade

Comunicação

Ação de Guaraná Antarctica atrai marcas para o futebol feminino

Movimento criado pela AlmapBBDO ganha a participação de O Boticário, DMCard, Gol e Lay´s


21 de maio de 2019 - 6h00

Uma das jogadoras brasileiras de maior renome internacional, Cristiane integra o time de protagonistas da ação (Crédito: divulgação)

Se o discurso e a prática da diversidade e o empoderamento feminino ganham território nos mais diversos campos de atividade, por que o mesmo não acontece com o esporte mais popular do Brasil? Com essa provocação como pano de fundo, o Guaraná Antarctica tem convocado outras marcas para um movimento de apoio ao futebol feminino no país, em campanha criada pela AlmapBBDO.  O chamado da marca de refrigerantes surtiu efeito e foi abraçado nesta semana pela própria agência de publicidade, além de O Boticário, DMCard, Gol e Lay’s.

Como parte da ação, as jogadoras Cristiane, Andressinha e Fabi Simões fizeram um ensaio fotográfico que simula a participação em propagandas de diversos segmentos, como beleza, produtos esportivos, cartão de crédito, entre outros. Essas imagens, e a possibilidade de, por meio delas, abraçar a causa, chamaram a atenção das outras empresas que já embarcaram no projeto. O valor arrecadado com a venda das imagens será dividido entre as atletas e o Joga Miga, um projeto sem fins lucrativos, que conecta mulheres que querem jogar futebol.

“Neste ano tem mundial feminino e raras são as marcas que estão usando as jogadoras nos seus comerciais. E é aquele círculo vicioso: o futebol feminino não é mais popular por que não recebe mais investimento ou ele não recebe mais investimento por que não é mais popular?”, questiona Keka Morelle, diretora executiva de criação da campanha ao lado de Marcelo Nogueira, ambos da AlmapBBDO.

O Grupo Boticário, que aderiu ao movimento, também já havia criado neste ano a iniciativa ‘Com você Jogo Melhor’, que libera os colaboradores da empresa para assistirem aos jogos da Seleção feminina durante a Copa do Mundo feminina, que começa em 7 de junho, na França.  “Estamos muito felizes em apoiar essa iniciativa tão relevante para valorizar o futebol feminino”, afirma Cristiane Irigon, diretora de comunicação da companhia.

Outra marca que já tinha um certo alinhamento com a presença feminina no futebol e que abraçou a iniciativa estimulada por Guaraná Antarctica é a Lay’s. Em 2018, em parceria com o Esporte Interativo, a marca promoveu o reality show A Narradora, cuja ganhadora se tornou a primeira mulher brasileira a narrar um jogo da semifinal da UEFA Champion League. “Por isso, quando surgiu o convite de Guaraná topamos de cara, pois está alinhado com o que acreditamos”, explica Anna Carolina Teixeira, diretora de marketing de Lay´s no Brasil.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Dança das Contas: Takis, Graal, PicPay e mais

    Dança das Contas: Takis, Graal, PicPay e mais

    O Grupo Bimbo escolheu a agência FRI.TO para gerenciar as redes sociais da nova marca de snacks, rede Graal escolhe agência Cacau

  • Publicis Brasil muda comando: Gabriela Borges assume liderança

    Publicis Brasil muda comando: Gabriela Borges assume liderança

    No posto de CEO desde 2019, Eduardo Lorenzi está de saída do grupo, que passou por diversas mudanças nos últimos meses