WPP avalia executivos para definir comando da VML

Buscar

WPP avalia executivos para definir comando da VML

Buscar
Publicidade

Comunicação

WPP avalia executivos para definir comando da VML

CEO Latam Juan Pablo Jurado esteve no Brasil para tratativas que objetivam que Wunderman Thompson e VMLY&R estejam operando como uma só agência em janeiro


6 de novembro de 2023 - 8h35

Juan Pablo Jurado, CEO Latam da nova VML: três dias em São Paulo para costurar a fusão local

Executivos do WPP intensificaram nas últimas semanas as tratativas de avaliações e negociações para que a Wunderman Thompson e a VMLY&R estejam operando como uma só agência no Brasil a partir de janeiro, acompanhando o início marcado para a fusão global, anunciada no mês passado. Na última semana de outubro, o já nomeado CEO Latam da nova VML, o argentino Juan Pablo Jurado, que exerce o mesmo papel na Wunderman Thompson, passou três dias em São Paulo. Seu objetivo foi o de conhecer melhor a estrutura e os líderes da VMLY&R e das demais empresas ligadas às duas redes envolvidas na fusão.

As definições das estratégias da fusão no Brasil passam, primeiramente, pela escolha dos executivos que estarão no comando local, pela acomodação de contas conflitantes e pelo desenho de como atuarão as outras 11 empresas atualmente ligadas a uma das duas redes: Mirum (digital), i-Cherry (performance), Pmweb (CRM e marketing automation), Try (user experience e design) e Enext Consultoria (e-commerce e marketing cloud), da “família” Wunderman Thompson; e Marketdata (CRM e analytics), Mutato (publicidade), Corebiz (e-commerce), VMLY&R Commerce (creative commerce), VMLY&R Health (saúde) e a Ação (produção e tecnologia), do Grupo VMLY&R.

No caso do conflito de clientes, o principal é entre algumas marcas de Kenvue (antiga Johnson & Johnson), cliente da Wunderman Thompson, e Colgate-Palmolive, atendida pela VMLY&R. A provável saída é a manutenção da Colgate-Palmolive na estrutura dedicada Red Fuse, criada pela WPP especificamente para esse cliente, que é uma das suas principais contas globais.

A expectativa é a de que essas questões sejam definidas até o final de novembro, quando o plano de materialização da fusão no Brasil deve ser apresentado ao comando global da nova VML, por Jurado e pelo country manager do WPP no País, Stefano Zunino.

A fusão global entre as duas maiores redes de agências do grupo WPP é o maior movimento de consolidação nesta indústria: diretamente, envolve 30 mil funcionários em 64 países. São 17 mil pessoas atuantes na Wunderman Thompson e 13 mil, na VMLY&R. A operação resultante da fusão será comandada pelo CEO Jon Cook (egresso da VMLY&R), a presidente Mel Edwards (atual CEO da Wunderman Thompson), a CCO Debbi Vandeven (atual diretora global de criação da VMLY&R) e o global chief client officer Eric Campbell (atual presidente global da VMLY&R).

De acordo com dados do Agency Report, do Ad Age, a Wunderman Thompson fechou 2021 como a quinta maior rede de agências do mundo e a maior do WPP, com faturamento de US$ 2,6 bilhões. A VMLY&R ficou em 16º no ranking global, sendo a segunda maior rede da holding, totalizando US$ 1,5 bilhão. No Brasil, as posições se invertem. Atualmente, a VMLY&R é a sétima maior compradora de mídia no País, segundo o consolidado do Cenp-Meios de 2022, mantendo uma equipe de cerca de 460 funcionários, de acordo com o levantamento Raio X, do especial Agências & Anunciantes, publicado em maio; e a Wunderman Thompson aparece em 13º lugar no ranking e mantém uma equipe de 530 pessoas.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Com Omo, Vinicius Jr amplia time de parcerias publicitárias

    Com Omo, Vinicius Jr amplia time de parcerias publicitárias

    Marca da Unilever escolhe jogador para celebrar duas décadas da campanha Se Sujar Faz Bem; Clear, Nike, Gatorade são outros anunciantes a firmar parceria com o craque nos últimos dias

  • Volkswagen mantém conta de mídia global na PHD

    Volkswagen mantém conta de mídia global na PHD

    A PHD, operação do Omnicom, manteve a conta de mídia do grupo Volkswagen após participar de processo de concorrência