Y&R decide abrir mão da Secom

Buscar

Comunicação

Publicidade

Y&R decide abrir mão da Secom

Agência tinha vencido a concorrência para o atendimento da conta publicitária ao lado da Calia Y2 e da NBS

Teresa Levin
22 de junho de 2017 - 10h34

A Y&R decidiu abrir mão do atendimento da conta da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom). Ao lado da da NBS e da Calia Y2, ela havia saído vitoriosa do processo para a definição das agências de publicidade que atenderão a Secom em um contrato de 12 meses, com possibilidade de renovação por parte do governo. A verba prevista pela Secom para a publicidade em seu novo contrato é de R$ 208 milhões.

Em um comunicado oficial, a Y&R informa que “diante de novo ofício encaminhado pela Secom, solicitando a prorrogação por mais dois meses da  proposta comercial apresentada por ocasião da licitação, a Y&R tomou a decisão empresarial de não prosseguir na concorrência para definição do grupo de agências que deverá atender a entidade”.

Antes da concorrência que teve as agências Y&R, NBS e Calia Y2 como vencedoras, a conta da Secom era atendida pela Leo Burnett Tailor Made, Nova S/B e Propeg. Vale lembrar que inicialmente NBS, DPZ&T e Y&R haviam sido as classificadas na concorrência, mas por um descumprimento de um dos itens do edital, a DPZ&T foi eliminada do processo, tendo sido substituída pela Calia Y2.

Publicidade

Compartilhe