Amstel esconde coolers perto de blocos que vendiam Skol

Buscar

Comunicação

Publicidade

Amstel esconde coolers perto de blocos que vendiam Skol

Ação de marketing de emboscada no Carnaval de São Paulo foi criada pela Wunderman Thompson

Renato Rogenski
2 de março de 2020 - 16h53

Coolers foram escondidos em vaso, telefone público e banco de praça (Crédito: reprodução/Vimeo)

Fazer parte de um evento de grandes proporções quando as propriedades de patrocínio pertencem à concorrência é sempre um desafio para as marcas. Durante o Carnaval, para tentar transpor esse obstáculo, a Amstel colocou em prática uma estratégia de marketing de emboscada.

A cerveja, que pertence ao Grupo Heineken, escondeu coolers para distribuir latinhas de graça em locais próximos dos bloquinhos do Carnaval de São Paulo, evento que foi patrocinado pela Skol. Os foliões que achavam os objetos “fantasiados”, podiam pegar a bebida gratuitamente.

Para ajudar, as pessoas que estavam perto desses blocos foram impactadas por posts geolocalizados, que as convidavam a procurar pelos coolers, escondidos em locais como vaso, orelhão e banquinhos, dentro do Pari bar e do bar Feirinha. A ativação foi criada pela Wunderman Thompson e faz parte da estratégia do Carnaval Amstel que contou também com 30 filmes digitais e outras iniciativas da marca.

Crédito da imagem de topo: Cristiano Babini/istock

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Skol

  • Amstel

  • Carros

  • cerveja

  • Associação de Marketing Promocional

  • Ação de marketing

  • Carnaval

  • marketing de emboscada

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”