Risadaria 2013 define time de patrocinadores

Buscar

Marketing

Publicidade

Risadaria 2013 define time de patrocinadores

Com investimento de R$ 6,5 milhões, evento espera reunir 300 mil pessoas em 10 dias de apresentações em São Paulo


23 de abril de 2013 - 11h17

A quarta edição do Risadaria, festival de humor que acontece na cidade de São Paulo, comercializou todas as cotas de patrocínio. O evento será apresentado pela Kibon. Land Rover, UOL, Kaiser e Hot Pocket Sadia serão patrocinadores, enquanto Banco Original e Reckitt Benckiser serão apoiadores. Rádio Bandeirantes, BandNews FM, Metropolitana FM e Editora Abril são parceiros de mídia. O investimento total no projeto é de R$ 6,5 milhões.

Com o tema “A Invasão da Comédia”, o festival será realizado pela primeira vez em mais de um local (serão 15 pontos espalhados por todas as regiões da cidade). Na nova configuração a expectativa dos organizadores é receber 300 mil pessoas nos dez dias de apresentações, seis a mais que na edição anterior, que teve um público total de 40 mil pessoas.

A edição 2013 acontecerá entre 14 e 23 de junho. A programação, que será divulgada ao público em 10 de maio, contará com apresentações de artistas internacionais, exposições, debates, filmes e atrações infantis. A equipe de curadores do evento, idealizado por Paulo Bonfá e realizado pelo empresário Alain Levi, tem nomes como Marcelo Tas, Marcelo Madureira, Caco Galhardo, Diogo Portugal e Wellington Nogueira, além do próprio Bonfá.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”