Paixão e poder de consumo definem os geeks

Buscar

Marketing

Publicidade

Paixão e poder de consumo definem os geeks

O Dia do Orgulho Geek, comemorado nesta quinta-feira, 25, celebra um consumidor ávido por eletroeletrônicos, licenciados e quadrinhos

Luiz Gustavo Pacete
25 de maio de 2017 - 12h20

Nicho? Cada vez menos essa palavra vem sido utilizada pelo mercado para definir o público chamado geek, ou em alguns casos, nerd. Comemorado nesta quinta-feira, 25, o Dia do Orgulho Geek celebra um consumidor com engajamento e que está no ápice do poder de consumo. Segundo a 4ª edição da pesquisa Geek Power, feita pelo Ibope Conecta, em parceria com o portal Omelete, no final do ano passado, com 26 mil pessoas, 68% dos geeks estão entre os 18 e 34 anos, 85% são homens e 60% moram no Sudeste.

 

Anualmente, o mercado relacionado ao mundo geek movimenta milhões

 

Ainda de acordo com o estudo, 65% têm ensino superior ou estão cursando e 64% têm renda familiar entre 2 e 10 salários mínimos. Para esse grupo, as marcas mais admiradas são Netflix, Disney, Marvel e Lucasfilms. O smartphone é o meio mais usado para navegar na internet, apontado por 60% dos entrevistados; 37% usam a internet para se divertir, 19% para trabalhar e 18% para se informar com notícias.

“Antes restritos aos quartos dos amigos e bancas de gibis, hoje nós nerds dominamos! As histórias em quadrinhos, videogames e ‘bonequinhos’ que gostamos desde sempre e nos rendiam preconceito hoje estão na moda. Nerds como Steve Jobs, Bill Gates, Steven Spielberg e Mark Zuckerberg servem de inspiração para milhões de pessoas”, diz Marcelo Forlani, diretor de marketing do Omelete, grupo que promove anualmente no Brasil a Comic Con Experience.

Denise Ledoux, diretora de Marketing da Hasbro, afirma que o público geek é exigente e, com isso, desafiam as empresas a se superarem. “Como resultado dessa cobrança, eles retribuem com fidelização às marcas que atendem a suas demandas. Temos notado um crescimento constante deste grupo de consumidores o que pode ser comprovado por eventos direcionados, como a Comic Con, e pelo sucesso dos filmes, séries e outros canais voltados a eles”, diz Denise.

Para Diogo Santos, sócio do Nerd ao Cubo, o impacto gerado na economia pelos consumidores com esse perfil é grande. “No mercado de cinema, 6 das 10 maiores bilheterias da história são filmes voltados ao público nerd, faturando mais de 2 bilhões de dólares, como por exemplo: Star Wars, Harry Potter e Vingadores. Entre os livros Best Sellers de maior sucesso estão: O Senhor dos Anéis, O Hobbit e Harry Potter que venderam mais de 700 milhões de exemplares e ainda continuam vendendo, além de novas obras que se destacam a cada ano, como por exemplo: Game Of Thrones”, diz Santos. Ele ressalta que esse público tem um life style próprio. “Tem orgulho de ser nerd e abraça um dia do ano para comemorar isso. Não por acaso, diversas marcas dos mais diferentes segmentos querem estar em contato com essa audiência. ”

A pedido de Meio & Mensagem, a Seven Idiomas realizou um estudo sobre as gírias e siglas mais utilizadas pelo público geek:

Geek significa “alguém viciado em internet, tecnologia e computadores”. Na prática, o geek é uma versão tecnológica do nerd que se refere às pessoas que gostam de estudar e têm interesse em livros, assuntos científicos e são muito inteligentes.

LoL é a abreviação da gíria “laughing out loud”, que significa rindo muito.

Hype é um termo utilizado quando algo está muito em alta, na moda.

OMG é a abreviação de “Oh My God!”, que significa “Oh meu Deus!”.

Cya é uma variação de “see you later” que significa “vejo você mais tarde”.

 

Bazinga é uma expressão criada pelo personagem Sheldon, da série “The Big Bang Theory”, quer dizer brincadeira ou “te peguei”.

May the Force be with you é uma frase marcante do filme Star Wars que significa “Que a força esteja com você”. É uma expressão muito comum entre o público geek nas mais diversas situações.

Trollar surgiu do termo trolling for suckers, que significa “lançando a isca para os trouxas”. A partir disso, começou-se a usar “troll” como um termo para “zoar”, chatear ou irritar alguém.

DWEEB significa panaca e idiota.

Epicwin é ganhar algo de forma épica, algo muito legal. Junção das palavras “Epic” – épico e “win” – ganhar.

FTW é abreviação e “for the win”, que significa “para a vitória. É usado para indicar que algo é a melhor opção ou para mostrar entusiasmo.

NSFW é a abreviação de “no safe for work”, ou seja “não é seguro para o trabalho”. É um termo utilizado quando se envia mensagem ou e-mail com conteúdo impróprio para abrir na frente de outras pessoas.

Publicidade

Compartilhe