Ana Couto assina renovação da marca da CBF

Buscar

Marketing

Publicidade

Ana Couto assina renovação da marca da CBF

Projeto tem como objetivo aprimorar a percepção da marca, torná-la mais eficaz no ambiente digital e ampliar o conhecimento do público sobre o trabalho da entidade

Fernando Murad
9 de abril de 2019 - 17h16

Projeto de branding foi desenvolvido pela agência Ana Couto (crédito: divulgação)

Durante a cerimônia de posse do presidente Rogério Caboclo, realizada nesta terça, 9, no Rio de Janeiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apresentou sua nova marca. O projeto de branding, assinado pela agência Ana Couto Branding, tem como objetivo aprimorar a percepção da marca, torná-la mais eficaz no digital e ampliar o conhecimento sobre a atuação da entidade.

A reformulação teve início com uma pesquisa das origens e significados do escudo. As cores foram valorizadas e estão mais luminosas e com maior contraste, em especial o Amarelo Canarinho. A forma do escudo foi preservada, assim como a cruz no seu centro. Já as faixas ganharam movimento. A ideia é expressar a ginga, a superação e a personalidade do futebol brasileiro dentro de campo.

Dentro da premissa de reforçar a brasilidade, a nova tipografia usa fonte desenvolvida por designers brasileiros da Dalton Maag. Os grafismos são inspirados na obra do artista brasileiro Athos Bulcão, a partir de fragmentos do formato do escudo, que sugerem festa, energia e comemoração. A marca leva, ainda, a tagline “Joga bola”.

“Ela expressa o jogar futebol com o nosso jeito convidativo e inclusivo, do campo de várzea aos jogos da Copa do Mundo em grandes estádios. É o amor pelo jogo, pela bola. É ainda a expressão que o brasileiro usa quando identifica o craque, o bom jogador, ou seja, o que joga bola”, explica Ana Couto, CEO da agência.

As plataformas digitais da CBF e os materiais de escritório e ambientes físicos passam a utilizar a nova marca gradativamente. Os desdobramentos da aplicação da nova marca se estenderão até 2020, “com a apresentação do novo uniforme da Seleção Brasileira, no primeiro jogo das eliminatórias para a Copa do Mundo Fifa de 2022”, adianta Gilberto Ratto, diretor de marketing da CBF.

Durante o evento, a Nike apresentou os uniformes que a seleção brasileira usará na Conmebol Copa América 2019. O uniforme branco é uma homenagem ao usado pelo Brasil na conquista do Campeonato Sul-americano de 1919. Já o amarelo, relembra a camisa usada pela seleção no título da Copa América de 1989, a mais recente edição sediada no Brasil.

Vinicius Junior com novos uniformes da seleção (crédito: Nike)

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Ana Couto

  • Gilberto Ratto

  • Ana Couto Branding

  • Dalton Maag

  • Branding

  • Marketing esportivo

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”