Duolingo traça plano de expansão no Brasil

Buscar
Publicidade

Marketing

Duolingo traça plano de expansão no Brasil

Plataforma educacional contrata equipe de marketing e agência de publicidade para crescer em número de usuários no País

Thaís Monteiro
21 de outubro de 2020 - 6h00

A plataforma de aprendizagem de idiomas Duolingo está estruturando novos passos para sua expansão no Brasil. Esta semana, o app anunciou a chegada de Analigia Martins para o cargo de diretora de marketing da operação e escolheu a Jotacom como a sua agência de publicidade e conteúdo no País.

 

Analigia Martins diz que crescimento do app no Brasil aconteceu organicamente (Crédito: Divulgação/Duolingo)

Martins já conta com experiência no segmento de ensino de diferentes línguas pois atuou na EF English Live durante dez anos. Lá, a executiva ocupou a função de head de marketing para a América Latina. Além dessa experiência, Analigia trabalhou no Internacional Quality & Productivy Center (IQPC), no Infoma Group e na Editora Banas.

Já a decisão pela agência que este mês começou a trabalhar com a marca no planejamento, desenvolvimento e execução das campanhas passou por um processo de concorrência remota. A equipe global do Duolingo nos Estados Unidos elegeu a Jotacom como a que pode integrar de forma criativa atributos da marca com a cultura brasileira, “algo que consideramos importantíssimo neste processo de regionalização da plataforma, e que certamente contribuirá para aumentarmos o brand awareness no País”, explica Analigia Martins. O Duolingo ainda conta com a SmartPR como sua agência de relações com a imprensa.

Além de aumentar o awareness da marca, a plataforma quer crescer o número de novos usuários no Brasil, mirando aqueles que deixaram de estudar por algum período de tempo. Atualmente, o Brasil é o segundo maior mercado do Duolingo, com 30 milhões de usuários, 10% do número total global (300 milhões). O País fica atrás apenas dos Estados Unidos. Hoje, o Brasil representa 40% do tamanho dos EUA em usuários ativos diários. Atrás do Brasil estão México, Reino Unido e Alemanha. A plataforma oferece 98 cursos de 40 idiomas.

A estratégia da marca já começou com o lançamento de perfis de redes sociais regionais apresentando os princípios da plataforma e suas ferramentas principais. Os planos ainda incluem uma forte presença digital com peças para tais plataformas e mídia programática e a apresentação de um influenciador até o final do mês que será embaixador da marca no Brasil. É a primeira vez que Duolingo terá um embaixador no País com aderência a sua missão.

A abordagem da marca será regionalizada e também consta como um movimento inédito pois, conforme Martins, o Duolingo cresceu expressivamente de forma orgânica no Brasil, com poucas ações de PR, já que o brasileiro adere facilmente a redes sociais.

“Há um outro atributo importante dos brasileiros que nos ajuda a regionalizar as ações de marketing de forma muito criativa: o bom humor. Um dos pilares do Duolingo é a diversão, já que acreditamos que o que mais dificulta o aprendizado de um idioma é a falta de motivação. Por isso apostamos na gamificação e no Duo, nossa coruja mascote. Vamos trazer essa diversão e bom humor – tão próprios dos brasileiros – para as ações de comunicação”, explica.

A missão da plataforma é tornar o ensino de idiomas gratuito, de qualidade e acessível para o maior número de pessoas possível. Para manter essa missão, a empresa conta com peças de anúncios ao final de cada lição no app; uma assinatura que remove os anúncios e oferece mais possibilidades de aprendizagem rápida; e oferece o exame de certificação em inglês pago, denominado Duolingo English Test, aceito em cerca de 2.500 instituições.

**Crédito da imagem no topo: Divulgação/Facebook

Publicidade

Compartilhe

Veja também