Após 17 anos, Amazon diminui investimentos de marketing

Buscar
Publicidade

Marketing

Após 17 anos, Amazon diminui investimentos de marketing

Com a alta demanda criada pela pandemia, gigante do varejo online cortou cerca de 1% seu orçamento para publicidade


5 de fevereiro de 2021 - 10h53

Campanha Amazon 2020 (Crédito: Divulgação)

Pela primeira vez em 17 anos a Amazon reduziu seus investimentos em publicidade. O corte de cerca de US$ 100 milhões aconteceu no ano passado e foi divulgado por meio do relatório anual da empresa. O número representa uma queda de quase 1%, na comparação com 2019. No total, US$ 10,9 bilhões foram destinados pela empresa para “publicidade e outros custos promocionais”.

A última vez que a Amazon reduziu seus investimentos em publicidade foi em 2003, quando o total alocado foi de US$ 109 milhões, segundo os relatórios da empresa. Apesar de incomum, o movimento da gigante do varejo online não é isolado. Com a forte demanda criada pela pandemia da Covid-19, algumas empresas de e-commerce conseguiram reduzir seu aporte em marketing e publicidade. “Menores gastos com canais de marketing como resultado da Covid-19”, justificou a empresa em seu relatório.

Em julho do ano passado, o ranking Leading National Advertisers, divulgado pelo Advertising Age, apontou a Amazon como maior anunciante dos Estados Unidos. A empresa assumiu a posição que era ocupada pela Comcast e figurou ao lado de empresas como AT&T, P&G, Walt Disney, Alphabet (Google) e Verizon.

*Crédito da foto no topo: Eugenesergeev/iStock

Publicidade

Compartilhe

Veja também