Volkswagen rebatiza marca para Voltswagen nos EUA

Buscar

Marketing

Publicidade

Volkswagen rebatiza marca para Voltswagen nos EUA

Rebranding tem a proposta de sinalizar o compromisso da companhia com um futuro baseado na produção de veículos elétricos


30 de março de 2021 - 13h20

(Crédito: Divulgação)

Em um comunicado publicado em seu site oficial nesta terça-feira, 30, a operação da Volkswagen nos Estados Unidos anunciou que sua marca passa a ter um novo nome a partir de maio: no País, a fabricante de automóveis passa a adotar a nomenclatura de Voltswagen.

Segundo a empresa, mais do que uma mudança de nome, a alteração da letra ‘k’ para o ‘t’ (que remete ao termo “volt”, do universo da eletricidade) representa uma declaração do compromisso da companhia em relação à mobilidade digital.

Na nota, o CEO da empresa nos Estados Unidos, Scott Keogh, explica que a mudança da marca representa a proposta da companhia de produzir os melhores veículos para as pessoas. “Desde o início de nossa mudança para um futuro elétrico nós dissemos que construiríamos carros para milhões (de pessoas) e não apenas para milionários. Essa mudança de nome significa um aceno ao nosso passado, como o ‘carro das pessoas’ e afirma nossa crença de que o futuro será o dos ‘carros elétricos das pessoas’”, declarou o executivo.

De início, a publicação do comunicado com a mudança do nome foi descoberta pela CNBC e gerou a especulação de que poderia se tratar de uma brincadeira feita pela companhia, sobretudo porque, após a revelação da notícia, a montadora tirou o aviso do ar. Pouco tempo depois, no entanto, a Volkswagen publicou um novo comunicado detalhando a mudança da marca.

O Ad Age pediu entrevistas com executivos da Volkswagen e também para confirmar que a notícia não é uma pegadinha do Dia da Mentira, em 1° de abril, estratégia recorrente de marcas nos EUA. A companhia respondeu que “alguns de nossos executivos devem divulgar as notícias muito em breve – por favor, fiquem ligados”.

Brincadeira ou não, o anúncio da mudança de nome acontece no mês em que a empresa dá as boas-vindas ao ID.4, seu primeiro SUV de longo alcance totalmente elétrico e com emissão zero comercializado em concessionárias da rede em todo o país. O lançamento confirma os investimentos da empresa no segmento.

Os esforços da montadora na direção de um novo modelo de produção de veículos ficaram mais claros após a Volkswagen ter sido a primeira fabricante de automóveis a assinar os compromissos do acordo climático de Paris, comprometendo-se a reduzir em 30% a emissão de carbono até 2025 e neutraliza-la completamente até 2050. O compromisso resultante desse acordo seria a venda de um milhão de veículos elétricos em todo o mundo até 2025, bem como o lançamento de 70 modelos elétricos até 2029.

No comunicado, o vice-presidente sênior de marketing da, agora, Voltswagen da América, declarou que o público começará a ver a mudança da marca e na comunicação ao longo dos próximos meses, em todos os pontos de contato com os consumidores.

 

Publicidade

Compartilhe