Compra multicanal será tendência na Black Friday

Buscar

Marketing

Publicidade

Compra multicanal será tendência na Black Friday

Segunda edição de pesquisa realizada pela Globo mostra que 59% das pessoas pretendem fazer compras tanto pela internet quanto em lojas físicas

Bárbara Sacchitiello
25 de novembro de 2021 - 15h16

Apesar de manterem o hábito de comprar pela internet, maioria dos brasileiros também pretende aproveitar as ofertas das lojas físicas nessa edição da Black Friday (Crédito: rupixen/Unsplash)

Se na Black Friday do ano passado o e-commerce acabou salvando os consumidores que se sentiam inseguros para sair de casa e procurar as ofertas e melhores preços nas lojas físicas, neste ano, o comportamento de compra deve ser um pouco diferente. Não é que as vendas pela internet deixarão de acontecer. Mas é que, ao mesmo tempo em que escolhem os produtos nos sites e aplicativos, as pessoas também pretendem visitar pontos de venda físicos para descobrir as ofertas da data.

O dado vem da segunda edição da pesquisa “A Expectativa para a Black Friday 2021”, realizada pela Globo. A empresa de mídia já havia divulgado algumas informações a respeito das tendências de consumo para a data e junho e, em outubro, fez uma nova rodada da pesquisa para mapear as maneiras pelas quais as pessoas pretendem aproveitar o dia de promoções. O estudo ouviu 1700 pessoas, maiores de 18 anos, das classes A, B e C, residentes de todas as regiões do País. As duas versões da pesquisa estão disponíveis na plataforma Gente, da Globo.

O comportamento multicanal foi um dos destaques da pesquisa. Segundo a Globo, 59% dos respondentes disseram que pretendem aproveitar os descontos da Black Friday tanto pela internet como nas lojas físicas. O percentual é maior do que o grupo que declarou que pretende fazer compras somente pela internet (45%). Apenas 16% dos entrevistados afirmaram que irão fazer compras somente em lojas físicas. Entre os entrevistados, o gasto médio estimado para a data deve ficar em torno de R$ 586.

A pesquisa apontou, ainda, que 56% das pessoas se planejaram para aproveitar as ofertas e promoções da Black Friday. Entre os respondentes, apenas 17% declararam que ficarão de fora das ações e que não pretendem fazer compras nesta sexta-feira, 26. Os 27% restantes ainda não se decidiram se irão ou não fazer compras e dissera que irão aguardar ser convencidos por alguma marca.

Roupas, acessórios e calçados estão no topo dos desejos dos consumidores que pretendem fazer compras na data promocional. Esses itens correspondem a 71% dos interesses do público consultado na pesquisa. Smartphones, item sempre bastante buscado na Black Friday, foram citados por 29%.

As ofertas e vantagens oferecidas pelas marcas continuam sendo fundamentais para a decisão de compra dos consumidores. No estudo, 58% dos entrevistados responderam que podem comprar algo que não estava em seus planos caso o desconto oferecido seja superior a 50%; já 34% disseram que uma compra por impulso pode acontecer se a empresa oferecer frete grátis.

Meios de pagamento
As novas possibilidades de pagamento começam a chamar a atenção dos consumidores que buscam pelas ofertas. O cartão de crédito ainda é o meio favorito das pessoas na hora de comprar, por conta, sobretudo, da opção de parcelar o valor (58% citam o cartão de crédito como modo preferencial de pagamento). Mas outras possibilidades começam a ganhar força. O Pix, por exemplo, foi citado como 28% dos entrevistados como a modalidade de pagamento preferida para a data, empatado com pagamento via débito e com dinheiro em espécie. O cashback, opção em que a loja retorna um percentual sobre a compra realizada, foi citado por 23% das pessoas como a melhor modalidade de compra.

Publicidade

Compartilhe