Quais “previsões” dos Jetsons já existem?

Buscar

Mídia

Publicidade

Quais “previsões” dos Jetsons já existem?

Nem todas as previsões imaginadas pela animação Os Jetsons se concretizaram aos 50 anos de estreia do desenho; estamos perto de algumas e muito longe de outras


26 de setembro de 2012 - 10h30

Por Rupal Parekh (*)

É difícil de acreditar, mas George Jetson, seu filho Elroy, a filha de Judy, Jane, sua esposa – e Astro, nosso cão espacial favorito – completam agora 50 anos de idade. O show foi futurista em sua essência: quando estreou no início dos anos 1960, foi o primeiro programa a cores a ser veiculado pela ABC. Mas foram os avanços tecnológicos peculiares que Hanna Barbera imaginou – de empregadas domésticas robô para carros voadores – que realmente formaram o contexto da animação e mantiveram os espectadores interessados.

Em homenagem ao 50º aniversário de Os Jetsons, demos uma olhada para ver o quanto já avançamos. E com base em onde estamos até agora, até 2062, ano em que se passa o desenho, nós poderemos conseguir realizar tudo o que os roteiristas haviam previsto, e até mais. Uma das coisas de maior importância para nós atualmente e que não foi transmitida dessa forma no programa é nossa poderosa tecnologia de telefonia móvel e seus dispositivos que nos permitem ainda constante acesso à internet (que também não foi concebida naquela época), além de grande variedade de aplicativos úteis.

Como Os Jetsons imaginaram a vida em 2062 e onde estamos em 2012:

wraps

Robôs
Rosie, a empregada, é um robô e robôs eram usados regularmente na série para completar as tarefas diárias, como cozinhar e limpar e ajudar os personagens a se vestir.
Em 2012 …
O robô Asimo da Honda é o mais avançado até à data, já que pode andar, falar e interagir com os humanos. Esses dispositivos estão se tornando mais populares quando se trata de limpeza também, particularmente com aspiradores robóticos como a iRobot Roomba.

Jornadas de trabalho mais curtas
George Jetson reclamava regularmente de suas três horas de trabalho diário na Spacely Sprockets, onde sua principal responsabilidade era repetidamente apertar um botão em um computador grande.
Em 2012 …
Nos EUA, especialmente, os trabalhadores estão trabalhando mais do que nunca, de acordo com o American Journal of Epidemiology, que divulgou os resultados de um estudo que afirma que os efeitos dessa jornada de trabalho longa podem causar problemas cardíacos prematuros. Muitos países europeus já proibiram a população de trabalhar por mais de 48 horas por semana.

wraps

Viagens para a lua
Passear na lua não era grande coisa, e em um dos episódios o pequeno Elroy vai para lá em uma viagem de escoteiros.
Em 2012 …
Richard Branson está trabalhando para começar a oferecer “voos suborbitais” através da Virgin Galactic, já que concluiu vários voos de teste bem-sucedidos; já a NASA é parceira da SpaceX, de Elon Musk, para missões comerciais. Há também um porto espacial no Novo México, está quase finalizado para pode receber turistas que desejam ir ao espaço.

wraps

Carros voadores
De acordo com o desenho, no futuro nós não dirigiríamos em estradas, mas no ar – em pequenos carros aéreos com painel de visão em formato de bolha.
Em 2012 …
Engenheiros vêm tentando chegar lá por várias décadas, e como a Popular Mechanics relatou, estamos mais perto do que nunca. O último modelo do gênero que foi produzido é o Terrafugia Transition, que pode chegar até a 62 mph na estrada, com as rodas traseiras impulsionadas horizontalmente por um motor de quatro cilindros Rotax 100-hp. É claro que o preço é exorbitante, algo em torno de US$ 230.000.

wraps

Vídeo chat
Em vez de simples telefonemas, os personagens eram regularmente vistos usando um “videochat”, seja Jane falando com sua família ou George recebendo uma ligação indesejada do Sr. Spacely.
Em 2012 …
Nesta área, parece que já superamos as expectativas dos Jetsons. Ferramentas de vídeo chat, tais como Skype, Google Voice, FaceTime e Logitech são regularmente utilizadas para negócios e em casa. E o melhor: sua utilização não se limita a um único monitor, mas pode também ser usado a partir de dispositivos móveis. Para muitos, seria difícil imaginar a vida sem ver colegas e entes queridos falando com você em tempo real.

wraps

Pop star “Jet Screamer”
Em um dos episódios mais conhecidos de Os Jetsons, Judy ganha um encontro com o galã e o cantor do Jet Screamer depois de participar de um concurso.
Em 2012 …
Ídolos pop são tão relevantes hoje como sempre foram. O blog de lifestyle ChipChic fez uma comparação incrível com o nosso Justin Bieber. “Haverá sempre a necessidade de ídolos teen, algo que o Jet Screamer foi mais do que feliz em nos fornecer em um dos primeiros episódios da série. Este foi um exemplo de inovação no mundo real, também. O breve vídeo da música ‘Eep, Opp , Ork’, Ah Ah, que é na sua maioria composta de gráficos das letras piscando na tela, era uma versão antiga da música moderna, muito antes de a MTV existir. Além disso, o refrão (“Baby , baby, baby! “) e o nome da banda fazem o Jet Screamer parecerem quase proféticos.”

wraps

Cidades flutuantes
Os edifícios na era dos Jetsons não estavam perto do chão; eles podiam ser levantados abaixo ou acima das nuvens, como uma forma de lidar com mudanças climáticas.
Em 2012 …
Cidades flutuantes de hoje não estão sendo vislumbrada no ar, mas como prédios que flutuam sobre o mar aberto. No entanto, mesmo não estando em uso ainda, protótipos estão sendo construídos com o objetivo de futuramente ajudar a lidar com a superlotação nas cidades em terra.

wraps

Cidades flutuantes
Os edifícios na era dos Jetsons não estavam perto do chão; eles podiam ser levantados abaixo ou acima das nuvens, como uma forma de lidar com mudanças climáticas.
Em 2012 …
Cidades flutuantes de hoje não estão sendo vislumbrada no ar, mas como prédios que flutuam sobre o mar aberto. No entanto, mesmo não estando em uso ainda, protótipos estão sendo construídos com o objetivo de futuramente ajudar a lidar com a superlotação nas cidades em terra.

O vestido elétrico da Jane
Em um episódio, Jane compra um vestido que pode ser iluminado se for conectado a uma tomada.
Em 2012 …
Ela fez um vestido de carne, usou óculos 3-D e tablóides de jornal como roupa, e fez um vestido de bonecos do personagem Kermit, de Os Muppets. Então é claro que Lady Gaga também usou um traje que se iluminava. Bem, na verdade a roupa dela era equipada com seios pirotécnicos, isso conta?
wraps

Clonagem humana
George decidiu que, com a ajuda da ciência, ele criaria outro George para ir ao trabalho enquanto ele próprio ficaria em casa relaxando.
Em 2012 …
Foi na época dos Jetsons que a clonagem humana passou a ser debatida como uma possibilidade real, e várias leis ao redor do mundo baniram a prática. Cães e ovelhas foram clonados e há muito interesse em trazer de volta à vida, a partir de células intactas, animais extintos, como o mamute.

wraps

Transporte de tubo a vácuo
Ao invés de usar elevadores ou subir escadas, no desenho os trabalhadores eram sugados por um tubo a vácuo super rápido.
Em 2012 …
Como carros voadores, sistemas de tubos eram algo com o qual se sonhava na época dos Jetsons, e alguns engenheiros passaram a esboçar transportes que utilizariam esse tipo de tecnologia. A BBC informou neste ano que equipes dos EUA e da China estão atualmente trabalhando sobre o conceito de transportadores, desenhados para funcionar através de túneis que teriam tido todo o ar sugado para fora. Agora, os cientistas estão prevendo que esses tubos poderiam, teoricamente, atingir velocidades de até 2.500 quilômetros por hora. Isso faria o trajeto da América do Norte para a Europa apenas 60 minutos em vez de seis horas de avião.

(*) Advertising Age
Tradução de Mariana Barbosa 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”