Record investe na coprodução em 2014

Buscar

Mídia

Publicidade

Record investe na coprodução em 2014

Nova grade da emissora prevê a exibição de obras criadas em conjunto com produtoras: versão nacional de formatos de sucesso também deve ganhar espaço

Bárbara Sacchitiello
18 de fevereiro de 2014 - 8h16

As produtoras independentes ganharão mais espaço na grade da Record neste ano. Como resultado da revisão de custos e processos realizada no ano passado, a diretoria adotou a coprodução como modelo principal para a criação de novas séries.

Para os próximos meses, estão confirmadas as estreias de Conselho Tutelar, Sem volta e a segunda temporada A Lei e o Crime. A produção própria, no entanto, continua valendo para as novelas. Em seu complexo de dramaturgia, o RecNov, a emissora gravará Vitória, trama prevista para estrear em maio, substituindo Pecado Mortal.

Versões nacionais de formatos consagrados no mundo – como I Can do That, Let’s Make a Deal e Take me Out – também irão compor a grade de 2014. A emissora ainda não revelou a data de estreia de Sabrina Sato, que comandará um programa aos sábados.  

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”