Comedy Central traz festival de humor ao Brasil

Buscar

Mídia

Publicidade

Comedy Central traz festival de humor ao Brasil

Viacom Brasil, detentora do canal, também produz o Comedy Hack, estudo que poderá auxiliar as marcas a explorar o poder da comédia em sua comunicação

Amanda Schnaider
1 de julho de 2019 - 11h36

*Atualização: Segundo informações da Viacom, a data correta do evento seria 28 de setembro e não agosto.

O festival Comedy Central Fest, que reúne inúmeros humoristas, chega ao Brasil em 28 de setembro, na Audio, São Paulo. O projeto teve início no México, em 2016, passou por países como Colômbia e Argentina e Estados Unidos, com a versão Comedy Central Cluster Fest. Segundo Ari Martire, diretor sênior de ad sale e brand solutions da Viacom Brasil, proprietária do canal, o evento “surgiu como uma oportunidade de geração de conteúdo, mídia, promoção e engajamento para os anunciantes, aliadas a uma experiência exclusiva e diferente dos eventos e shows de humor tradicionais”. O diretor diz que resolveram trazê-lo para o Brasil pelo ótimo momento do canal no País.

O quinteto de A culpa é do Cabral é atração confirmada no Comedy Central Fest, realizado em São Paulo, no dia 28 de agosto (Crédito: Divulgação)

Martire também comenta que o evento de 12 horas contará com a presença de cerca de 30 humoristas de todo o País, sendo que o quinteto de A culpa é do Cabral, Fábio Porchat e os componentes do Porta dos Fundos já estão confirmados. O diretor revela que, apesar do festival estar em fase inicial, já conta com dois patrocinadores, a Itubaína e a 123 milhas, e que esses parceiros terão ativações dentro do evento (como o palco Itubaína), além do lançamento de promoções exclusivas.

“Estamos no momento de aprovação da campanha e, em julho, faremos o lançamento do projeto. A campanha, feita pela casa, será orientada para o digital, porque a audiência é nativa desse meio, além de TV nos canais da marca”, revela Martire sobre a comunicação do festival.

Comedy Hack
Além do festival, a Viacom também está produzindo o Comedy Hack, estudo que poderá auxiliar as marcas a explorarem melhor o poder da comédia em sua comunicação. Martire comenta que a companhia tem a característica de ser “meio paranóica em estudar seres humanos”, pois tem áreas e setores dentro da empresa que são responsáveis por identificar temas e assuntos a serem estudados.

“No ano passado, lançamos o Music Hack, estudo dedicado a entender o universo da música, que vem mudando drasticamente”, reforça o diretor de ad sale e brand solutions. Na época, a Viacom, em parceria com a consultoria Diip, realizou o estudo a respeito do consumo de música no Brasil, que deu origem a quatro frentes, transformadas em coletâneas musicais, na qual cada uma representa um comportamento referente ao consumo musical: engajamento, personalização, interatividade e inesperado.

“Agora, estamos lançando o Comedy Hack na América Latina para compreender um pouco mais sobre o ecossistema do humor e compartilhar com as marcas esses resultados”, comenta Martire. Até o momento, a companhia relata que foi possível identificar diferentes motivos e sentimentos que levam as pessoas à comédia, mais de 30 gatilhos e três mega tendências: humor como social power, poder político e diversidade. A Viacom acredita que, até o final do estudo, haverá entre quatro e cinco mega tendências mapeadas.

O diretor aponta que o estudo levou em conta a perspectiva das pessoas e a visão dos especialistas como humoristas, produtores e roteiristas, para identificar essas tendências. “Muitas vezes, há uma preocupação das marcas em tirar vantagem e abraçar esse território. Com o estudo, queremos mostrar para as marcas que esse é um território seguro”, afirma Martire.

*Crédito da imagem no topo: Reprodução

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Itubaína

  • Viacom Brasil

  • Comedy Central

  • 123 milhas

  • Festival

  • pesquisa

  • Campanha

  • humor

  • TV

  • tendências

  • estudo

  • Canal +

  • Comédia