App fitness quer se tornar vitrine de mídia OOH

Buscar

Mídia

Publicidade

App fitness quer se tornar vitrine de mídia OOH

Com parcerias com mais de 300 administradoras de condomínios e hotéis, Fit Anywhere oferece exposição das marcas em vídeos e nos ambientes internos das academias

Bárbara Sacchitiello
2 de março de 2020 - 6h00

Aplicativo mapeia os aparelhos de academias de hotéis e condomínios e oferece treinos personalizados (Crédito: Divulgação)

De olho no crescimento que o setor de mídia out-of-home vem tendo nos últimos anos – o meio de tornou o terceiro na distribuição dos investimentos publicitários no Brasil, ficando atrás apenas da TV aberta e da internet – o aplicativo Fit Anywhere decidiu combinar sua solução comercial digital com estratégias de mídia exterior.

Criado em 2016 por Pedro Kauffman, o aplicativo se apresenta como uma solução fitness para os frequentadores de academias de condomínios e hotéis (locais em que, geralmente, não há a presença de um instrutor). Pelo sistema, é possível identificar e mapear os aparelhos e estrutura de cada um desses locais e receber indicações de treinos e exercícios em vídeos, com base nos objetivos e dados físicos de cada pessoa.

A startup foi criada a partir de uma dificuldade pessoal do fundador. “Cheguei a pesar 126 kg e tinha vergonha de ir à academia do meu condomínio pois não sabia utilizar os equipamentos e nem o que fazer. Também não tinha condições financeiras para me inscrever nas academias do meu bairro”, relembra o CEO da Fit Anywhere. A situação de Pedro começou a mudar após a realização de uma cirurgia bariátrica e o apoio de um amigo, que o ajudou a arcar com os custos de uma academia para apoiar o processo de emagrecimento. Após dois anos – e com 53 kg a menos – o futuro CEO do aplicativo já sabia bem como usar uma academia, mas decidiu usar sua própria história como a semente para desenvolver um novo negócio. “Percebi o movimento das academias profissionais, com totens de autoatendimento e me remeti a minha história. Lembrei das dificuldades que passei e como minha vida mudou quando decidi adotar um estilo mais saudável e decidi criar uma solução que aproxime a saúde e o bem-estar das pessoas em suas casas ou nos hotéis onde se hospedam”, relembra.

O Fit Anywhere foi desenvolvido para funcionar em parceria com condomínios e hotéis. No final de 2019, o aplicativo já tinha parceria com mais de 300 administradoras de condomínios. Quem acessa o conteúdo tem à disposição, de forma gratuita, os vídeos de instrução de mais de 340 exercícios (executados por personal trainers), além de dicas e informações de médicos e nutricionistas.

Ao contar com essa base de usuários, a startup começou a explorar o potencial comercial do app e também dos ambientes dessas academias. O Fit Anywhere comercializa espaços publicitários nos vídeos dos exercícios e, também, passa a levar as marcas para dentro dos condomínios e hotéis, em espaços fixos de mídia. “Conseguimos trazer os parceiros nas implantações que fazemos em cada condomínio para que eles possam se apresentar, oferecer amostras, produtos ou descontos”, conta o CEO. Empresas de saúde e bem-estar são os clientes em potencial.

Além da negociação publicitária, o modelo de negócio do app contempla a cobrança de uma mensalidade dos condomínios que contam com o serviço fitness digital. A meta da empresa é atingir 8 mil condomínios nos próximos cinco anos.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • pedro kauffman

  • fit anywhere

  • midia

  • aplicativo

  • Google Chrome

  • fitness

  • saude

  • startup

  • ooh

  • solução

  • hotéis

  • Exterior

  • dogotal

  • condomínios

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”