Pela primeira vez, streamings são destaque do Emmy 2021

Buscar
Publicidade

Mídia

Pela primeira vez, streamings são destaque do Emmy 2021

Netflix foi a plataforma mais premiada por The Crown e O Gambito da Rainha


20 de setembro de 2021 - 15h25

A guerra dos streamings não ocorre só na perspectiva de número de assinantes. Durante a temporada de premiações, as plataformas também tem suas indicações e prêmios mensurados pela crítica. Na noite do domingo, 19, o 73º Emmy Awards, premiação da televisão estadunidense, a conquista maior foi da Netflix, que recebeu 44 prêmios (incluindo os técnicos) — dez foram entregues no domingo. Foi a primeira vez que a empresa conquistou um Emmy. Além disso, foi a primeira vez que os streamings sobrepõe as empresas tradicionais de cinema e televisão.

 

(Crédito: Divulgação/Netflix)

Até então, a Netflix tinha somado 30 indicações ao longo dos anos sem vitória. HBO/HBO Max obtiveram 19. O Disney+ levou 14 estatuetas e a Apple TV+ 11. A primeira vez que um streaming ganhou um dos prêmios principais no Emmy foi em 2017, quando O Conto da Aia, do Hulu, ganhou por Melhor Drama.

Foi nas categorias de Drama e Minissérie que a soberania da Netflix se destacou. No domingo, a plataforma conquistou Melhor Série de Drama (The Crown), Melhores Atores de Drama (Olivia Colman e Josh O’Connor – The Crown), Melhores Atores Coadjuvantes de Drama (Gillian Anderson e Tobias Menzies), Melhor Roteiro de Drama e Melhor Direção de Drama. O Gambito da Rainha ganhou nas categorias Melhor Minissérie e Melhor Direção. Halston, também da Netflix, teve Ewan McGregor celebrado como Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme

Na comédia, o destaque ficou para Ted Lasso, da Apple TV+. A produção recebeu prêmios por Melhor Série de Comédia, Melhor Ator de Comédia (Jason Sudeikis), Melhor Ator Coadjuvante de Comédia (Brett Goldstein), Melhor Atriz Coadjuvante de Comédia (Hannah Waddingham).

A HBO recebeu prêmios por Hacks — Melhor Atriz (Jean Smart) –, Mare of Easttown — Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme (Kate Winslet), Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme (Evan Peters) e Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme (Julianne Nicholson). A cerimônia também marcou a primeira vez uma mulher negra (Michaela Coel) ganhou o Melhor Roteiro pela Minissérie I May Destroy You, da HBO.

Também foi a primeira vez que diretoras mulheres ganharam ambos os prêmios das categorias Melhor Direção em Série de Drama e Melhor Direção em Série de Comédia foi para cineastas femininas.

Publicidade

Compartilhe

Veja também