Jack Dorsey deixa Twitter pela segunda vez

Buscar
Publicidade

Mídia

Jack Dorsey deixa Twitter pela segunda vez

Co-fundador da rede social acredita que Twitter está pronto para seguir em frente sem vínculo com seus fundadores


29 de novembro de 2021 - 14h11

Nesta segunda-feira, 29, o Twitter anunciou a saída do CEO e cofundador Jack Dorsey do posto. Parag Agrawal, CTO da plataforma desde 2018, assume o comando da empresa. Dorsey continuará como CEO da Square, empresa financeira que auxilia consumidores e corporações com gestão de pagamento, dinheiro e transferências, e permanece no board do Twitter até maio. Segundo o próprio, é importante que empresas se vejam livres dos seus fundadores.

 

(Crédito: Teresa Kroeger/Getty Images)

Essa é a segunda vez que Dorsey sai do Twitter. Na primeira vez, em 2008, o executivo foi demitido por uma série de comportamentos que desagradaram o conselho. Ele retornou em 2015. Desta vez, em comunicado da empresa, Dorsey diz que ele decidiu sair porque acredita que a empresa está pronta para seguir em frente sem seus fundadores na direção ou influenciando decisões. Ele também decidiu não continuar como chairman pois acredita que é importante dar espaço para o próximo CEO, Parag Agrawal, liderar. Já seu posto no conselho será ocupado por Bret Taylor co-criador do Google Maps e da API do Google Maps e atual CEO e COO da Salesforce.

Agrawal entrou no Twitter em 2011 como engenheiro de anúncios e assumiu a posição de CTO em 2018. Entre suas conquistas e missões está o trabalho para escalar uma abordagem coesa de machine learning e inteligência artificial para os times de consumidor, receita e infraestrutura. Além disso, ele prioriza criar um padrão aberto e descentralizado para em redes sociais.

O Twitter foi, durante muitos anos, criticado pelo seu ritmo de avanço lento. Nos últimos anos, no entanto, a plataforma anunciou e pôs em prática uma série de novidades, como a ampliação do limite de caracteres por publicação, a criação de salas de áudio, modelos de assinatura por conteúdo e ampliou recursos para acessibilidade.

**Crédito da imagem no topo: Adrian Grosu/Shutterstock

Publicidade

Compartilhe

Veja também