Meta faz campanha contra TikTok

Buscar
Publicidade

Mídia

Meta faz campanha contra TikTok

Empresa contratou consultoria para divulgar informações negativas sobre a plataforma para a mídia local dos Estados Unidos


31 de março de 2022 - 7h44

De acordo com e-mails obtidos pelo jornal The Washington Post, a Meta contratou a Targeted Victory, conhecida consultoria republicana, para disseminar mensagens sobre as ameaças envolvendo o TikTok, plataforma da Bytedance que constitui uma das principais concorrentes dos aplicativos da Meta.

 

(Crédito: Eliseu Geisler/Shutterstock)

Junto com uma série de empresas de relações públicas, a Targeted Victory teria enviado emails para editores dos principais jornais locais dos Estados Unidos com referência a notícias que indicam que o TikTok é lider no compartilhamento de dados de jovens, boatos falsos e tendências negativas que viralizaram na plataforma. As alegações eram de que o app representa um perigo para as crianças americanas e a sociedade.

A Targeted Victory já trabalhou para a America First Action Super PAC, um grupo criado por Donald Trump para coletar doações durante sua campanha eleitoral. Em seu mandato, Trump tentou vetar a atuação do TikTok em terras norte americanas, mas cedeu com a aquisição de parte da operação dos Estados Unidos pela Oracle.

Em um comunicado, o porta-voz da Meta, Andy Stone, disse que todas as plataformas “devem enfrentar um nível de escrutínio consistente com seu crescente sucesso”, pontuou. Já o TikTok comunicou à Variety que está preocupado com o número de reportagens nas mídias locais apontando tendências negativas no TikTok que a própria rede não localizou em suas pesquisas.

Publicidade

Compartilhe

Veja também