Cinco cuidados para o empreendedor

Buscar

Opinião

Publicidade

Cinco cuidados para o empreendedor

O importante é não ter receio de inovar e se transformar


18 de maio de 2020 - 20h01

(Crédito: Selimaksan/iStock)

Você deve estar cansado de ouvir falar que toda crise é uma oportunidade. No Brasil, estamos habituados a conviver com elas, mas a atual nos obriga a repensar nossa forma de trabalhar e de viver. A Covid-19 obrigou uma digitalização “forçada” de muitos negócios, não importa o porte, e com isso, nossas capacidades criativas, a resiliência e o improviso estão sendo testados no limite.

Acredito realmente que sairemos mais fortes e mais preparados. Contudo, precisamos olhar com carinho para um assunto que, às vezes, perde a importância em meio a tantos problemas com os quais precisamos lidar: comunicação, que é a minha paixão e área de atuação há mais de 20 anos.

O cuidado na comunicação deve ser redobrado na crise, não importa o tamanho da sua empresa e da sua equipe. Pensando especialmente nos pequenos e médios negócios, organizei cinco pontos de cuidado que considero essenciais neste momento:

Cuidado 1 – Sua imagem

Você é um empreendedor. Ter ou administrar um negócio no Brasil não é fácil, tanto para um pequeno comércio quanto uma grande empresa. Portanto, mesmo que você não tenha se dado conta disso, você é uma figura pública. Isso traz uma responsabilidade adicional. Tome cuidado com as postagens nas redes sociais. Pense que seus funcionários podem ler sua opinião, e seus clientes também. Vale seguir um critério básico para compartilhar uma opinião: ela vai agregar algo útil a alguém ou é apenas um desabafo? Pratique aqui um exercício de empatia antes de postar. Ah… importante. Cuidado com as fake news. Cheque toda informação em um veículo sério, antes de compartilhar qualquer coisa.

Cuidado 2 – Sua marca não pode se esconder

Em períodos de crise, as marcas que se preocupam em se comunicar com seus públicos saem mais fortes, e com vantagem sobre as que se escondem. Por isso, evite interromper seu fluxo e seus projetos de comunicação. Se você trabalha com a imprensa, adapte a pauta dos seus assuntos para mostrar a utilidade e o engajamento da sua marca neste cenário. Mantenha sua atividade aquecida nas redes sociais, para ajudar no trabalho de informações úteis ao seu público. Não se esqueça de reforçar a comunicação com os clientes. O diálogo, neste momento, é fundamental.

Cuidado 3 – Estão falando mal da minha empresa

Crises podem ser ainda piores, caso a sua marca esteja envolvida em um episódio de crise de imagem, por exemplo. Por exemplo, imagine que você é um produtor de máscaras descartáveis e aumenta seu preço, aproveitando a alta demanda.

O que pode acontecer? Ser enxovalhado nas redes sociais e até ser assunto para a imprensa. Se a sua empresa cometer um erro ou gafe, procure assumir, corrigir e se desculpar rapidamente. O ideal é utilizar a mesma plataforma onde a crise se originou. Por exemplo, se o problema aconteceu nas redes sociais, produza conteúdo para mostrar que você reconhece o erro e apresente as medidas tomadas para corrigi-lo.

De acordo com o tamanho da sua empresa, pode ser necessário criar um comitê de crise. A imprensa procurou sua empresa para falar sobre um problema? Nesse caso, a recomendação é que você conte com o apoio de especialistas em gestão de crise.

Lembre-se de que, com a digitalização e todas as empresas presentes ou migrando para as redes sociais, o tamanho do seu empreendimento deixa de ser parâmetro para uma notícia. Ou seja, se você for um médio ou pequeno empresário, sua ação pode repercutir tanto quanto a de uma grande empresa.

Cuidado 4 – Seu funcionário está com receio

Neste momento, a comunicação com os funcionários é crucial. Eles precisam de informação e transparência. Para tanto, algumas dicas podem ser úteis para lhe ajudar.

Sua equipe está em home office? Ótimo! Use e abuse das ferramentas de videoconferência disponibilizadas no mercado. Outro recurso é a gravação de vídeos simples pelo celular. Um comunicado por escrito pode ser frio, conforme a mensagem que você precise passar. Não se preocupe em fazer uma grande produção. É importante que seus funcionários vejam seu rosto, suas emoções e todas as ênfases que você quiser passar.

Sua equipe segue trabalhando presencialmente? Mantenha um fluxo diário de comunicação, procurando tranquilizá-los e informá-los continuamente. Observe todas as regras de higiene e os cuidados necessários para preservar a saúde dos seus funcionários e de suas famílias.

Caso seus funcionários não possam ir trabalhar, mantenha um fluxo de informações claras, apresentando as decisões e os passos da empresa. O que não pode acontecer em um momento como este é a falta de informações. Isso gera ainda mais insegurança. Se você precisar dar férias para preservar empregos, comunique isso da forma mais clara possível.

Cuidado 5 – Informação é poder. Monitore sua marca

Monitorar sua marca e seus produtos ajuda a direcionar seus esforços de comunicação para atender seus clientes cada vez melhor. Em época de crise, isso é crucial.

Existem muitas ferramentas disponíveis para esse fim, e elas possibilitam diversos graus de análise, para que você saiba como sua marca está sendo percebida e qual é a conversação em torno dela ou dos temas relacionados a ela.

Oportunidades

Ao observar os cinco pontos acima, além de proteger sua marca, você pode identificar algumas oportunidades. Mantenha sua marca visível e presente durante esta crise. Na retomada, ela vai estar ainda mais sólida e contará com a boa vontade adicional das pessoas. Afinal, sua empresa se engajou de alguma forma para ajudar o País a sair desta crise.

Se você for uma pequena empresa e não puder operar da forma tradicional – com um cafezinho, por exemplo –, pode fazer uma campanha para oferecer seus produtos via Rappi, por exemplo. Sabe aquele cadastro de clientes? Então, é hora de utilizá-lo. Disponibilize um WhatsApp para atendimento e ofereça seus produtos. Você vai se surpreender com a disposição das pessoas em consumir os produtos de um pequeno comércio local.

Comunicação clara e transparente com seus funcionários vai ajudar a reforçar os laços com sua marca e com você. Analisar os dados monitorados pode trazer insights e mostrar caminhos alternativos para o seu negócio neste momento. Por exemplo, o que o seu concorrente está fazendo? Como ele está se virando neste momento?

O importante é não ter receio de inovar e se transformar. Utilize a comunicação à vontade para isso.

**Crédito da imagem no topo: Piranka/iStock

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • comunicacao

  • Crise

  • marcas

  • imagem

  • Empresas

  • empreendedor

  • colaboradores

  • coronavírus

  • covid-19

  • pandemia