Apro apresenta nova presidente executiva e atualiza conselho

Buscar
Publicidade

Gente

Apro apresenta nova presidente executiva e atualiza conselho

Marianna Souza, gerente executiva da FilmBrazil, assume a liderança da associação no lugar de Paulo Schmidt, que permanece no conselho da entidade

Karina Balan Julio
20 de fevereiro de 2019 - 15h19

Marianna Souza, ao centro, junto aos novos membros do Conselho de Administração da Apro. Foto: Divulgação

A Associação Brasileira de Produção de Obras Audiovisuais (APRO) anuncia nesta quarta-feira, 20, a renovação de sua presidência executiva e de seu quadro de conselheiros. Marianna Souza, gerente executiva da FilmBrazil, projeto de internacionalização da Apex-Brasil, acaba de assumir a presidência executiva da entidade.

Ela passa a representar a Apro institucionalmente e a gerir suas atividades operacionais e administrativas, com a missão de aplicar políticas voltadas a publicidade, capacitação de gestores audiovisuais e aproximação com o mercado internacional.

Formada em Relações Internacionais, a nova presidente atua na Apro desde 2007, tendo sido uma das responsáveis por firmar parcerias estratégicas para a organização, como com o Sebrae Nacional e o Instituto Criar. Marianna ainda cuida da curadoria e produção executiva do Festival Whext, que em 2019 chega a sua terceira edição. É também embaixadora do movimento FreeTheBid no Brasil, que visa ampliar o espaço de diretoras de cena no mercado publicitário.

Paulo Roberto Schmidt, sócio da produtora Academia de Filmes, deixa a presidência da Apro, mas continuará participando do Conselho de Administração da associação. A Apro também anuncia a extinção do cargo de presidente do Conselho de Administração. Com a reestruturação, Sonia Regina Piass, até então presidente do Conselho, desliga-se da entidade e passa a se dedicar a projetos de consultoria.

O quadro de conselheiros da Apro, por sua vez, a partir de agora conta com 21 conselheiros, entre eles profissionais como Carolina Dantas, da Landia; Cristina Lopes, da Conspiração; Egisto Betti, da Paranoid; Francesco Civita, da Pródigo; e Rejane Bicca, da O2.

 

 

 

 

 

Compartilhe

Veja também