Como derrubar estereótipos de gênero na comunicação, e segurar as consequências disso

Buscar

Webinars

Publicidade

Como derrubar estereótipos de gênero na comunicação, e segurar as consequências disso

Como abordar equidade e representatividade para acelerar os negócios e impactar positivamente os públicos das marcas

Exclusivo para assinantesComo derrubar estereótipos de gênero na comunicação, e segurar as consequências disso

Exclusivo para assinantes

Gravado em 29 de março de 2022

Em um cenário de debates sociais, é preciso abordar equidade e representatividade como pilares de elevação da autoestima e impulsionamento da economia. Nesse contexto, também é fundamental o posicionamento das empresas, sempre levando em consideração a coerência com sua história, valores e causas. ‘Como derrubar estereótipos de gênero na comunicação e conciliar as possíveis consequências´ é um convite de Danielle Bibas, Vice-Presidente de Marketing da Avon Brasil, a uma reflexão sobre um tema tão relevante, em um bate-papo promovido pelo Meio & Mensagem.

Convidados
  • Como derrubar estereótipos de gênero na comunicação, e segurar as consequências disso

    Danielle Bibas

    Na Avon desde 2010, iniciou sua trajetória na empresa como vice-presidente de marketing para América Latina e posteriormente se tornou responsável pela categoria de fragrâncias globalmente e depois pela estratégia global da marca Avon. Entre 2018 e 2020, foi responsável pela comunicação externa e interna da Avon Brasil, desde a área comercial até a força de vendas, além de conduzir o projeto de mudança cultural da subsidiária brasileira até março de 2020. Com uma consolidada carreira na área de marketing com foco no setor de bens de consumo e cosméticos, Danielle tem experiências internacionais, liderando equipes em vários países entre os quais estão Bélgica, Suíça, Inglaterra e Canadá. Formada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é mentora de outras executivas mulheres, foi eleita women to watch no Brasil em 2018, é conselheira da Associação Brasileira de Anunciantes (ABA) e mentorada pelo Women Corporate Directors (WCD), onde se prepara para atuar como conselheira independente e aumentar o número de mulheres na liderança.

Compartilhe

Exclusivo para assinantes

Gravado em 29 de março de 2022