Após Copa, marcas seguem apoiando futebol feminino

Buscar

Após Copa, marcas seguem apoiando futebol feminino

Buscar
Publicidade

Marketing

Após Copa, marcas seguem apoiando futebol feminino

Mesmo com final do torneio que resgatou a visibilidade do esporte, Giuliana Flores, Minds English, Saudali e Buser estão entre as marcas que mantém patrocínio a equipes pelo Brasil


7 de agosto de 2019 - 6h22

Um mês após a final da Copa do Mundo de Futebol Feminino, algumas marcas têm mantido o apoio ou entrado no debate sobre a modalidade e promovendo mudanças neste cenário. Além das diversas campanhas da época da Copa na França, como “Com Você Eu Jogo Melhor”, criada pela So What para o Grupo Boticário; “Seleção feminina é #CoisaNossa”, da AlmapBBDO para o Guaraná Antarctica; e “Eu torço por todas”, da Mutato para o Itaú, outras marcas estão indo além, apoiando times femininos de futebol do Brasil.

A Giuliana Flores anunciou seu patrocínio ao futebol profissional feminino do São Paulo, até o fim do ano, com o objetivo de fortalecer e dar visibilidade para a categoria. “A proposta de patrocínio previa inicialmente apenas a temporada de 2019, com jogos até meados de outubro, mas entendemos que estender o projeto até o final do ano seria muito mais coerente pois nos possibilita atuar também na pós-temporada”, comenta Rodrigo Machado, gerente de marketing da companhia.

 

Equipe feminina do Corinthians tem aulas com a Minds English no Parque São Jorge (Crédito: Divulgação)

Rodrigo também diz que por ser a primeira vez que a marca patrocina a modalidade, precisam de um tempo de adaptação antes de fecharem novas temporadas. “A Copa do Mundo nunca foi um alvo, acabou sendo uma consequência do nosso trabalho, pois o projeto de construção e apoio ao esporte alinhado com nossos princípios sempre foi o foco”, diz o gerente.

Jogadoras do Cruzeiro com a marca da Saudali (Crédito: divulgação)

Além do São Paulo, a equipe feminina do Corinthians passou a contar com novos parceiros. O primeiro deles é a Minds English School, rede de escolas de inglês, que começou a patrocinar o time feminino em setembro de 2018 – ano em que a equipe foi formada – e anunciou a renovação do patrocínio até dezembro de 2019. Renato Garcia, diretor de publicidade da empresa, afirma que a ideia é renovar o contrato. “Teremos a convenção da Minds English School em setembro em que acertaremos os próximos apoios.”

A rede de escolas, além de estampar o uniforme das jogadoras, dá aulas de inglês semanalmente tanto para as 24 atletas como para o restante da equipe envolvida na modalidade dentro do Parque São Jorge. Além disso, a Minds iniciou uma parceria com a Arena Corinthians. Renato comenta que o objetivo do apoio é oferecer benefícios para torcedores, para jogadoras da base e envolvidos em eventos e jogos na Arena. Hoje, o Fiel Torcedor tem 40% de desconto no curso de idiomas em todo o Brasil. A equipe feminina do Corinthians conta, ainda, com patrocínio da Positivo, que também estampa o uniforme do masculino.

Equipes femininas do Rio de Janeiro e de Minas Gerais também têm recebido o apoio de marcas. Em julho, o Frigorífico Industrial Vale do Piranga — Saudali anunciou patrocínio ao Cruzeiro até o fim do ano. César Godói, supervisor de marketing da empresa, afirma que a Saudali já atuava em parceria com o time desde 2018, fornecendo produtos para compor a alimentação dos jogadores. “Em uma reunião recente, apresentamos ao clube o nosso interesse em patrocinar o time de futebol feminino e eles comentaram que haviam formado a equipe este ano. Poucas semanas depois, recebemos a proposta formal deles e, com autorização de Adriano Pacheco, nosso diretor comercial, fechamos o acordo”, comenta César.

Atletas do Flamengo: Buser fechou patrocínio até o fim de 2019 (Crédito: Marcelo Cortes)

Para ele, é tendência que esse tipo de apoio se intensifique. “Com a visibilidade proporcionada pela cobertura da Copa do Mundo neste ano, o futebol feminino tem conquistado espaço no cenário esportivo nacional. Assim, unimos nosso interesse em apoiar o esporte feminino com a oportunidade concedida pelo Cruzeiro”, reforça.

Ainda em julho, o aplicativo de fretamento colaborativo de ônibus Buser se tornou o novo patrocinador oficial do Flamengo. De acordo com a plataforma, o logo da companhia estampará as mangas do uniforme do time profissional feminino e masculino, e as costas do time masculino sub 20, até o fim de 2019, com possibilidade de renovação.

“Quando conversamos com o Flamengo, estávamos pensando no esporte como um todo. O gênero e a modalidade não eram fatores de exclusão. Então conseguimos colocar a equipe feminina dentro da negociação” afirma Fátima Bana, diretora de marketing da Buser. Ela ainda comenta que, além do patrocínio, a plataforma será a solução de transporte da equipe rubro-negra até o final do ano.

*Crédito da imagem no topo: Marcelo Cortes

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Cimed nomeia João Branco ao Conselho e mira liderança de mercado

    Cimed nomeia João Branco ao Conselho e mira liderança de mercado

    Farmacêutica passa a contar com o executivo em proposta de alcançar os R$ 5 bilhões de faturamento até 2025 e anuncia nova marca de produtos para bebês

  • Setor auto, educação e saúde devem acelerar investimentos

    Setor auto, educação e saúde devem acelerar investimentos

    Dado é fruto da pesquisa Bússola de Marketing, do Grupo Croma, realizado em parceria com Aba, Abap, Cenp e Ampro