L’Oréal Paris leva pautas sobre equidade para Cannes

Buscar

L’Oréal Paris leva pautas sobre equidade para Cannes

Buscar
Publicidade

Marketing

L’Oréal Paris leva pautas sobre equidade para Cannes

Como esforço de marketing para construção de marca, o grupo L'Oréal tem reforçado seu interesse em pautas sobre diversidade, feminismo e gênero


24 de maio de 2024 - 17h22

Há 14 anos Taís Araújo é embaixadora de L'Oréal Paris e, nesse ano, foi convidada para o Festival de Cinema de Cannes (Crédito: Cris Vidal/Divulgação)

Há 14 anos, Taís Araújo é embaixadora de L’Oréal Paris e, nesse ano, foi convidada para o Festival de Cinema de Cannes (Crédito: Cris Vidal/Divulgação)

Em 2024, a L’Oréal Paris patrocina pela 27º o Festival de Cannes como forma de expandir a percepção dos consumidores sobre as marcas do grupo. Com esse objetivo, a marca ampliou os investimentos em 10% para construção da masterbrand L’Oréal Paris. Dentre os desdobramentos práticos dessa estratégia, a marca realiza a Prêmio Lights on Women’s Worth para jovens talentos no mundo do audiovisual.

“O prêmio acontece anualmente e é destinado a diretoras de curtas-metragens promissoras, criando um caminho para que essas grandes cineastas possam mostrar seu talento e avançar em suas carreiras”, comenta Maíra da Matta, diretora da marca L’Oréal Paris. Durante os dias de festival, a L’Oréal criou um espaço para dar visibilidade as cineastas brasileiras que estão competindo em Cannes.

Com um time composto por atrizes, modelos e influenciadores, como Viola Davis e Taís Araújo, a marca homenageará as três diretoras premiadas desde a criação do Prêmio Lights on Women’s Worth. Além do jantar de premiação, a L’Oréal Paris exibiu os curtas-metragens ganhadores no Cinema Olympia, em Cannes. No ano passado, a francesa Fatima Kaci venceu por The Voice of Others, uma a história sobre os dilemas dos refugiados na França. Além disso, na primeira edição, em 2021, a alemã Aleksandra Odić recebeu a premiação por Frida e, no ano seguinte, foi a vez da Mai Vu, do Vietnã, com Spring Roll Dream.

L’Oréal Paris no Brasil

Além do festival de cinema, a L’Oréal Paris busca investir em pautas que buscam reequilibrar a desigualdade na indústria. A marca fez a doação de 20 mil euros para criação de um ecossistema de suporte para diretoras de curta-metragem. “Embora a marca não tenha atualmente projetos específicos de apoio a diretoras e projetos audiovisuais de mulheres no Brasil, estamos estudando a possibilidade de desenvolver iniciativas nessa área”, comenta. No País, a L’Oréal Paris tem como principal porta-voz da marca a atriz Taís Araújo, há 14 anos.

Além da atriz, no Brasil, a marca tem como influenciadoras a modelo Maju Araújo e a atriz Gabriela Loran. Segundo a marca, até o fim desse ano, o objetivo é ampliar a diversidade da L’Oréal em 70% tanto na comunicação quanto na empresa. O grupo L’Oréal também é signatário do Movimento pela Equidade Racial (Mover). Um compromisso público de 47 empresas para promover mudanças estruturais pautadas em capacitação e letramento racial.

Por fim, como uma plataforma global, a L’Oréal Paris desdobra no Brasil o projeto Stand Up. Essa é uma parceria com as ONGs Right To Be e Cruzando Histórias contra o combate à importunação sexual. Com isso, o programa busca capacitar as pessoas para intervir de forma segura em momentos de assédio, já contando com mais de 100 mil pessoas treinadas apenas no Brasil. Nesse ano, o grupo L’Oréal será uma das marcas patrocinadoras da Parada do Orgulho LGBTQIA+ e da Corrida do Orgulho LGBT+ em São Paulo.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Liberty vira Yelum Seguradora e quer tornar excelência acessível

    Liberty vira Yelum Seguradora e quer tornar excelência acessível

    Nova marca deverá manter o legado da Liberty no Brasil sustentando-se sob os pilares de flexibilidade, liberdade e inovação, mas com um novo nível de confiança

  • Intimus quer reunir consumidores em comunidade gameficada

    Intimus quer reunir consumidores em comunidade gameficada

    Com objetivo de conectar consumidoras, comunidade digital promove trocas de experiência e debates sobre saúde íntima