Mercado Livre investirá mais de R$ 23 bilhões no mercado brasileiro

Buscar

Mercado Livre investirá mais de R$ 23 bilhões no mercado brasileiro

Buscar
Publicidade

Marketing

Mercado Livre investirá mais de R$ 23 bilhões no mercado brasileiro

Aporte do marketplace no mercado nacional é o maior já feito em 25 anos de companhia e será destinado a serviços financeiros, tecnologia e logística


26 de março de 2024 - 17h38

Mercado Livre vai aportar mais de R$ 23 bilhões no Brasil em 2024; foco serão serviços financeiros, tecnologia e logística (Crédito: Alf Ribeiro/Shutterstock)

O Mercado Livre aportará mais de mais de R$ 23 bilhões no Brasil em 2024. O montante será destinado às áreas de tecnologia, logística, e-commerce e no banco digital da companhia, além das frentes de marketing e retail media.

O investimento é registrado como maior valor já alocado pela companhia no mercado nacional em 25 anos. Hoje, o País representa cerca de 52% da receita líquida total do negócio na América Latina.

A decisão é decorrente dos resultados financeiros recordes do Mercado Livre em 2023, ano em que a operação brasileira avançou 35% em receita líquida. Assim, a empresa ampliará a alocação de recursos em seu ecossistema para sustentar crescimento com rentabilidade, inclusive com a contratação de milhares de profissionais.

O montante também servirá para alocação em bens de capital e uma parcela será destinada a despesas operacionais estratégicas, associadas ao desenvolvimento das prioridades de negócios da companhia para os próximos anos.

Com o aporte, a intenção é aprimorar infraestrutura, equipe e base operacional da logística do Mercado Livre no Brasil. Ao ser contemplado o objetivo, o número de cidades com entregas rápidas — no mesmo dia e no dia seguinte — deve crescer ainda mais, ampliando a experiência dos seus usuários.

Além disso, o aporte vai amplificar a presença do Mercado Pago – que no ano passado atingiu o marco de US$ 3 bilhões em faturamento no Brasil –, principalmente em relação aos usuários pessoa física.

Estão entre as prioridades da companhia as alavancas de marketing, que geram recorrência de compra e fidelização no marketplace, assim como a aceleração do Mercado Ads, negócio de publicidade digital.

O número total de anunciantes via Mercado Ads chegou a quase 170 mil em 2023, após aumentar por sete trimestres consecutivos, o que ajudou a receita do negócio de publicidade digital a atingir 1,6% do volume total de vendas na América Latina.

O aumento do quadro de colaboradores e a geração de impostos arrecadados diretamente pela companhia aumentam à medida que cresce o volume aportado no País. Em 2023, foi superada a marca de R$ 4,6 bilhões pagos em impostos federais, estaduais e municipais, o que representa uma porcentagem de 31% superior ao volume pago em 2022.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Marcas de moda e beleza lideram investimentos em creators

    Marcas de moda e beleza lideram investimentos em creators

    Levantamento da BrandLovrs indica que mais da metade das campanhas com criadores de conteúdo da plataforma são realizadas por marcas de moda e beleza

  • Petlove questiona práticas do mercado pet em vídeo

    Petlove questiona práticas do mercado pet em vídeo

    Movimento “Petlove não vende” quer acabar com qualquer tipo de comercialização nociva ao bem-estar dos animais