BuzzFeed Brasil passa por nova reestruturação

Buscar

BuzzFeed Brasil passa por nova reestruturação

Buscar
Publicidade

Mídia

BuzzFeed Brasil passa por nova reestruturação

Operação brasileira do veículo, liderada por Flagcx e sócios da Mynd e Banca Digital, reduz equipe sob justificativa de buscar crescimento sustentável

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


2 de fevereiro de 2024 - 18h54

A operação brasileira do BuzzFeed passa por uma reestruturação de negócios, que envolveu demissões. Nesta sexta-feira, 2, ao Meio & Mensagem, o veículo informou que o BuzzFeed Brasil está se reorganizando para trazer novos olhares e oportunidades.

(Crédito: Reprodução/BuzzFeed)

Segundo o BuzzFeed, a operação brasileira teve que realizar ajustes de estrutura. Isso envolveu o desligamento de parte do quadro de funcionários. Esse processo ainda não foi concluído, já que a marca afirma que deve seguir com a reestruturação.

Em resposta à reportagem, o BuzzFeed Brasil diz que a reconfiguração visa dar ao veículo o vigor e força que ele precisa. “Vamos continuar com o processo de reestruturação da empresa de uma forma que ela seja sustentável, além, claro, de oferecer um conteúdo mais assertivo ao que o usuário espera encontrar em nosso site”, informa o portal.

Além disso, a marca afirma que a reorganização visa trazer novas experiências, conteúdos, produtos e formatos para os usuários e anunciantes.

Histórico do BuzzFeed Brasil

Há cinco anos, o BuzzFeed começou a demonstrar dificuldades na operação brasileira. Em 2019, o veículo anunciou que iria reduzir em até 15% seu quadro de funcionários em função de um reposicionamento global e a necessidade de equilibrar custos e definir novas estratégias.

Em abril de 2020, Matt Drinkwater, SVP Internacional do BuzzFeed, afirmou que, diante do impacto econômico da pandemia, a empresa precisava de um parceiro para manter a operação. Já em outubro, a holding Flagcx se tornou dona da operação brasileira do BuzzFeed.

Em fevereiro de 2022, Fátima Pissarra, CEO da Mynd, Carlos Scappini, CCO da Mynd, e Murilo Henare, da Banca Digital e da Billboard Brasil, se tornaram sócios do negócio.

Na ocasião, Scappini disse que ele e Fátima iriam gerenciar o setor comercial, administrativo, financeiro e de projetos. “Nós chegamos no BuzzFeed para acelerar uma operação que já está dando certo, complementando com nossas experiências o trabalho feito pela FlagCX. Nós temos um histórico diferente e mais focado na venda de publicidade e na criação de produtos. A marca sempre foi muito bem colocada, então nosso papel é acelerar esse crescimento e dar escala”, afirmou ao Meio & Mensagem.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Google assina acordo para criar centro de pesquisa em São Paulo

    Google assina acordo para criar centro de pesquisa em São Paulo

    As obras de modernização do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) começam em setembro de 2024; Google já começa a compor a equipe de engenheiros e desenvolvedores

  • Plataforma de streaming processa Fox, Disney e Warner nos EUA

    Plataforma de streaming processa Fox, Disney e Warner nos EUA

    Fubo.TV alega que o novo streaming esportivo, que unirá as três companhias, tende a prejudicar a concorrência