Record muda logo, nome e slogan para celebrar 70 anos

Buscar

Record muda logo, nome e slogan para celebrar 70 anos

Buscar
Publicidade

Mídia

Record muda logo, nome e slogan para celebrar 70 anos

Emissora reformulou a identidade visual e deixou de usar Record TV como marca


7 de novembro de 2023 - 8h19

Record logo

Identidade visual marca os 70 anos da Record (Crédito: Divulgação)

Na noite dessa segunda-feira, 6, a Record apresentou ao público sua nova identidade visual, acompanhada da renovação de sua nomenclatura e do slogan.

As mudanças acontecem em meio à celebração dos 70 anos da emissora de TV, completados em 27 de setembro.
Em uma reportagem veiculada no Jornal da Record – e, posteriormente, em seu perfil nas redes sociais – a empresa comunicou que voltará a adotar somente o nome Record em sua identificação. Há alguns anos, a emissora havia adotado a marca Record TV.

Além de simplificar o nome, a Record também modificou sua identidade visual. Segundo a emissora, o “desenho da nova marca traz uma evolução do que foi criado em 2016, com alterações nas bordas, além de mudanças nas texturas e tons e no interior, que lembra uma tecla de play pronta para iniciar uma nova fase”. As mudanças são reforçadas pelo novo conceito de comunicação, resumido no slogan “Tem a sua cara.”

A nova identidade já começou a ser utilizada na comunicação visual da Record, nos microfones dos apresentadores e nos perfis da empresa nas redes sociais.

A Record diz, ainda, que a nova identidade visual e as mudanças visam reforçar cinco pilares: atualidade, tecnologia, credibilidade, modernidade e memorização.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Levantamento da Brain investigou hábitos de consumo de redes sociais entre diversas faixas etárias; WhatsApp é o app líder entre todas as gerações

  • Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Após ter aumentado assinatura no mercado norte-americano, plataforma também terá novos valores no País a partir de setembro