Comunidade é o nome do jogo

Buscar
Publicidade

Opinião

Comunidade é o nome do jogo

Para superar a concorrência, é preciso acessar a inovação que está fora do seu negócio, em diferentes ecossistemas

Fill out the form below to send a message:


14 de fevereiro de 2023 - 6h00

como fazer geomarketing

Imagem: Pexels/rodnae productions

Vivemos tempos em que os avanços tecnológicos derrubam barreiras e criam possibilidades cada vez maiores de atuação global. A expansão internacional das empresas deixou de ser algo impossível ou muito difícil. Para quem tem as ferramentas certas, é uma possibilidade a ser aproveitada intensamente.

Como consumidores, estamos acostumados a comprar de sites internacionais e acessar companhias aéreas, hotéis e sites de notícias de outros países. Mas, em nossas empresas, é comum travarmos nossa expansão.

OK, o Brasil é imenso e continua oferecendo inúmeras oportunidades, mas, em uma sociedade do conhecimento, por que nos limitarmos a atuar somente aqui? Nos abrirmos ao mundo não é uma solução mais inteligente para acelerar a inovação nos negócios? Em nosso entender, sim. Porque é preciso ir atrás do que o mundo produz de melhor em vez de esperar chegar até nós. Muitos anos de experiência em agências de publicidade me mostraram que ser ativo na construção de comunidades acelera a inovação. “Polinizar” a cultura do negócio com referências externas faz com que as equipes ampliem seu conhecimento, criem habilidades adicionais e reforcem sua capacidade de surpreender os clientes.

Como disse Einstein, “uma mente que se abre a uma nova ideia jamais volta ao seu tamanho original”. Um processo contínuo de evolução corporativa a partir da construção de comunidades “exercita o músculo inovador” das empresas e acelera a descoberta de soluções. Isso está no centro do nosso conceito de negócios. Desenvolvemos uma plataforma que une os projetos que as empresas desejam aos profissionais que podem fazer com que eles aconteçam. As empresas conseguem acessar conhecimentos que seriam inalcançáveis – ou só seriam conquistados diante de muito esforço e investimento.

Pense nas necessidades de marketing do seu negócio. Se você desejasse ou precisasse, neste momento, desenvolver uma ação no metaverso, que tipo de profissional contratar? Provavelmente, ficaria sem ação e alguém inovaria antes.
Isaac Newton disse que só descobriu as bases da física porque teve a oportunidade de se basear no trabalho daqueles que vieram antes. Sem Galileu ou Copérnico, Newton não teria conseguido construir sua visão de mundo. Com as plataformas que integram fornecedores e clientes, todo negócio pode “se apoiar nos ombros de gigantes” para experimentar novos caminhos.

Em um mundo baseado em ecossistemas, o papel dos negócios está em contínua transformação. No passado, cada empresa tinha um papel específico e bem definido. Fabricantes fabricavam, transportadores transportavam e vendedores vendiam. Hoje, tudo é mais complexo: o que importa é satisfazer o cliente da melhor maneira descobrindo os melhores caminhos para isso em cada caso.

É por isso que todo negócio precisa se inserir em ecossistemas. Não necessariamente como o organizador dessa rede, mas certamente como um membro ativo, disposto a aprender e ensinar. Em um ecossistema, as empresas se abrem para receber dados externos, comparar ao que possuem internamente e identificar áreas de melhoria. Com isso, podem tomar decisões estratégicas para alcançar seus objetivos de negócios.

Uma empresa que busca um fornecedor para desenvolver uma campanha busca aumentar sua capacidade criativa – seja pela multiplicação de forças em algo já conhecido, seja para experimentar algo que o time interno ainda não consegue fazer. E somente assim os negócios conseguem acompanhar o ritmo insano de inovação no mundo.

Mas seria muita audácia esperar que uma empresa – de qualquer tamanho – tivesse a capacidade de identificar, analisar, compreender e agir a partir dos sinais de inovação que surgem a todo momento em toda parte. O mundo é amplo demais para que alguém sozinho dê conta de tudo. Por melhor que você seja, certamente alguém fora da sua empresa faz o mesmo que você, tão bem quanto ou até melhor.

E é um desperdício ignorar as possibilidades de crescimento que vêm quando esse conhecimento externo é acessado. Por isso, todo negócio que vive de inovação e criatividade precisa estar conectado a um ecossistema. É a forma mais rápida, prática e eficiente de fazer seu negócio trazer soluções relevantes para os consumidores.

Publicidade

Compartilhe

Veja também