Paulo Giovanni deixa de ser chairman da Publicis Worldwide

Buscar

Comunicação

Publicidade

Paulo Giovanni deixa de ser chairman da Publicis Worldwide

Publicitário estava na função desde 2014 quando foi convidado por Maurice Lévy, CEO e chairman do Publicis Groupe, a assumir o cargo


17 de junho de 2016 - 10h50

O publicitário Paulo Giovanni está deixando o cargo de chairman da Publicis Worldwide (PWW). Em comunicado oficial, a PWW afirma que Giovanni cumpriu suas duas missões: estruturar as agências adquiridas pelo grupo no país e fortalecer as suas lideranças e terá como foco, a partir de agora, a Leo Burnett Tailor Made onde continua na função de chairman.

“A PWW apoia amplamente essa decisão e agradece por todo o trabalho e a dedicação com que o executivo liderou a rede no Brasil ao longo desse tempo. Neste primeiro momento, não será anunciado um novo nome para o papel de chairman da rede no país”, diz o comunicado.

Paulo Giovanni estava na função desde 2014, então presidente da Leo Burnett Tailor Made, ele foi convidado por Maurice Lévy, CEO e chairman do Publicis Groupe, a assumir o papel de chairman da PWW no país, passando a responder também pelas agências Publicis Brasil (e sua unidade de varejo Publicis Salles Chemistri) e pelas atuais Talent/Marcel, AG2 Nurun e DPZ/T.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • paulo

  • giovanni

  • Publicis

  • leo

  • burnett

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”