A próxima onda gastronômica

Buscar

Marketing

Publicidade

A próxima onda gastronômica

Vigor quer trazer queijos especiais para o cotidiano dos brasileiros e investe em unidade dedicada à categoria

Roseani Rocha
25 de agosto de 2016 - 8h00

Vigor_FaixaAzul_Camembert_575

Há um ano, Faixa Azul passou por uma extensão de linha significativa (Crédito: Divulgação)

Se os consumidores brasileiros já aprenderam a refinar o paladar quanto ao consumo de produtos como café, azeite, cerveja e vinho, por que não fazer isso em relação aos queijos?

A Vigor aposta que essa categoria de produtos será a próxima onda gastronômica do mercado e investiu na modernização de fábricas, colocando-as em padrões europeus, e na criação de uma unidade de negócios com equipes de marketing, trade marketing e vendas exclusivamente dedicadas. Hoje, a unidade é comandada por Luis Renato Bueno (ex-Cia. Hering) e tem como head de marketing Daniela Zucchini. Além disso, a companhia ampliou investimentos nas próprias marcas de queijos, em especial Faixa Azul, Danúbio, Serrabella e Jong.

Queijos básicos respondem por 85% do consumo e os especiais, por apenas 8%, segundo dados Kantar Worldpanel, e é o potencial de crescimento desse nicho que a Vigor quer explorar.

Marcas em evidência

Serrabella já nasceu no segmento de queijos especiais, no qual é considerado um produto de entrada do consumidor na categoria. Sua comunicação no ponto de venda, mostrando como é possível descomplicar esse consumo. Forte no Nordeste, o Jong (queijo reino, em formato bola, que vem numa lata) está sendo levado para outras regiões do País, em especial o Sudeste e terá lançamentos antes do Natal.

Vigor_BlueCheese_575

Blue cheese também entrou no rol de produtos Faixa Azul (Crédito: Divulgação)

O queijo branco Danúbio e seus produtos derivados passaram por um reposicionamento e ganharam novas embalagens. O investimento em marketing da marca dobrou e incluiu comercial em TV aberta com o chef Henrique Fogaça.

Faixa Azul, cuja imagem estava atrelada ao parmesão, passou por uma extensão de linha há um ano incluindo gouda, gruyère, emmental, brie, camembert e blue cheese. Na comunicação de Faixa Azul, forte em digital, o objetivo agora é educar mais em profundidade o consumidor sobre o consumo de queijos especiais e sobre a própria ampliação de opções da marca.

Antes atendidas pela Grey, as marcas de queijo da Vigor, agora sob a nova unidade, entraram no portfolio da Fischer, que já atendia a companhia nas outras categorias. “A gente quer construir no queijo o que fizemos no iogurte grego. A Vigor se reinventou a partir do iogurte grego”, afirma Bueno.

A íntegra desta entrevista está publicada na edição 1724, de 22 de agosto, exclusivamente para assinantes do Meio & Mensagem, disponível nas versões impressa e para tablets iOS e Android.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Daniela Zucchini

  • Luis Renato Bueno

  • Vigor

  • Danúbio

  • Faixa Azul

  • Jong

  • Serrabella

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”