Band desiste de negociação e fica fora da Copa da Rússia

Buscar

Mídia

Publicidade

Band desiste de negociação e fica fora da Copa da Rússia

Emissora alega que optou por privilegiar produções próprias; Globo será único canal aberto a transmitir o Mundial

Bárbara Sacchitiello
22 de fevereiro de 2018 - 14h51

Estádio em Rostov, que receberá um dos jogos do Brasil na primeira fase da Copa (Crédito: Reproduçao/facebook.com/fifaworldcup)

Em comunicado enviado à imprensa na tarde dessa quinta-feira, 22, a Band informa que abriu mão da transmissão da Copa da Rússia, que terá início em junho. A notícia confirma a publicação do portal Notícias da TV, que nesta amanhã divulgou uma matéria sobre a decisão da emissora em relação ao torneio. Com essa decisão, a Globo será o único canal aberto a transmitir o torneio.

A Band estava, desde o ano passado, em longas negociações com a Globo para a aquisição dos direitos da Copa da Rússia. A proposta da emissora era exibir a maioria das partidas e, com isso, garantir o produto futebol em sua grade de programação.

A demora na confirmação da aquisição dos direitos do Mundial começaram, no entanto, a gerar questionamentos no mercado a respeito da participação da Band na Copa. A reportagem de Meio & Mensagem apurou, em janeiro, com alguns profissionais de agências, que a demora no envio do plano comercial do torneio poderia ser um sinal de que a emissora não concretizaria a transmissão, sobretudo por questões financeiras. Oficialmente, a Band sempre manteve o discurso de que as negociações estavam em andamento.

No comunicado, a Band esclarece que decidiu ficar fora da Copa para priorizar produções próprias. Leia a íntegra:

“Em função da mudança estratégica da Band, que em 2018 amplia o seu investimento numa programação diversificada e cada vez mais alinhada ao gosto do público brasileiro, a emissora optou por deixar de transmitir a próxima Copa do Mundo, concentrando seus esforços no desenvolvimento e lançamento de programas próprios. Mais de dez novas atrações já estão confirmadas na composição da grade, sendo que oito delas estreiam até abril. O evento de apresentação ao mercado publicitário está marcado para o dia 27 de fevereiro.”

Mudanças
Desde o ano passado, a Band vem passando por uma reestruturação financeira que provocou diversas mudanças em sua liderança e a saída de diversos executivos da casa. Em dezembro, o grupo demitiu Diego Guebel e Marcelo Meira, as duas mais altas lideranças de sua área de TV. A vice-presidência executiva da emissora e também a divisão de conteúdo televisivo passaram para as mãos de André Aguera. A mudança é parte do projeto de reequilíbrio de custos, que passou pelo corte dos mais altos salários da casa e, também, culmina na reavaliação completa dos produtos da grade.

A emissora deverá dar mais detalhes sobre a decisão da Copa do Mundo e a respeito de sua nova estratégia de programação na próxima terça-feira, 27, quando realiza um almoço com imprensa e mercado publicitário para apresentar suas estratégias de 2018.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • futebol

  • globo

  • band

  • Copa do Mundo Rússia 2018

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”