Após Verizon concluir compra, Marissa Mayer deixa Yahoo

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Após Verizon concluir compra, Marissa Mayer deixa Yahoo

Empresa passará por processo de integração com Aol para se tornar a Oath, com Tim Armstrong à frente


13 de junho de 2017 - 14h41

Foto: Reprodução

A Verizon anunciou nesta terça-feira, 13, a conclusão da aquisição da Yahoo, no valor de US$ 4.48 bilhão, e a renúncia da CEO Marissa Mayer. Agora, a Aol e Yahoo passarão por um processo de integração e rebranding, passando a compor uma nova empresa chamada chamada Oath e  liderada pelo CEO Tim Armstrong — o grupo nasce com marcas como HuffPost, TechCrunch Tumblr em seu portfólio. O negócio, anunciado em julho do ano passado, foi atrasado devido a dois vazamentos de dados ocorridos no Yahoo ao longo de 2016.  

Com o anúncio, parte da Yahoo asiática segue, este mês, em seu processo de transformação na Altaba Inc, uma holding cujos principais atributos serão a participação de 15% no grupo Alibaba e de 35% na holding Yahoo Japan Corp. Thomas McInerney, membro do quadro diretivo da empresa, será o CEO da Altaba. 

Marissa receberá cerca de US$ 23 milhões pela rescisão, além de US$ 186 milhões em ações, de acordo com um relatório do New York Times. “Dadas as mudanças inerentes em meu papel, deixarei a companhia”, disse ela em e-mail à CNN. “Contudo, quero que todos saibam que levarei comigo a nostalgia, gratidão e otimismo”, disse.

 

 

 

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • aol

  • HuffPost

  • Marissa Mayer

  • verizon

  • yahoo

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”