A ilha digital onde quem sabe faz e ensina

Buscar

A ilha digital onde quem sabe faz e ensina

Buscar
Publicidade

Comunicação

A ilha digital onde quem sabe faz e ensina

Christian Olsson, sócio-diretor da Hyper Island, explica ao M&M Entrevista como é a formação dos talentos digitais na celebrada instituição sueca


4 de abril de 2011 - 6h52

Nunca o mundo precisou tanto do talento digital. Para tentar aplacar a demanda por profissionais que trafegam sem solavancos no mundo digital surgiu há 15 anos na Suécia a Hyper Island. A proposta, no entanto, não se limitava apenas em oferecer um conteúdo didático novo mas de apresentá-lo de uma forma completamente distinta das metodologias acadêmicas.

É o que conta Christian Olsson, sócio-diretor da Hyper Island, que esteve recentemente no Brasil a convite da Sinc para realizar workshops promocionais e entrevistar candidatos às 280 vagas oferecidas anualmente em seus celebrados cursos, onde em vez de salas de aula e provas os alunos encontram briefings e prazos para entregar trabalhos.

"Reproduzimos o ambiente e a rotina de trabalho de uma agência", conta Olsson. Para ele, o sucesso da Hyper Island está na fórmula pedagógica inovadora e na crescente demanda por profissionais com sólida formação nas disciplinas digitais. "A carência por mão de obra digital não é um problema exclusivo do mercado brasileiro. O mundo todo sofre com essa falta", afirma. 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Beel Films expande atuação com filial nos Estados Unidos

    Beel Films expande atuação com filial nos Estados Unidos

    Produtora especializada em entregas de digital acaba de abrir escritório em Miami, onde deve centralizar atendimento de multinacionais

  • Após 12 anos, Grupo Amil retoma agência in-house

    Após 12 anos, Grupo Amil retoma agência in-house

    Grupo de saúde reativa as atividades da Promarket, que foi responsável pela publicidade e comunicação do grupo de 1980 até 2012