Consumidores vão mais ao Conar

Buscar
Publicidade

Comunicação

Consumidores vão mais ao Conar

Dados de 2010 apontam que denúncias feitas por consumidores cresceram 43% se comparados com os números do ano anterior


13 de abril de 2011 - 1h55

Os consumidores foram responsáveis por quase metade dos processos instaurados no Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar) em 2010. Dos 376 iniciados no ano passado, 43,3% foram motivados por denúncias dos consumidores – o número é quase duas vezes maior do que o verificado em 2009.

Segundo o órgão, isso demonstra, entre outros aspectos, "o sucesso das campanhas que divulgam a autorregulamentação publicitária". No ano passado, o Conselho entrou em mídia com campanhas assinadas pela AlmapBBDO para divulgar suas atribuições – relembre uma delas aqui.

As empresas associadas ao Conselho foram responsáveis pela abertura de 28,7% dos processos. O Conar, por iniciativa própria, iniciou 24% dos casos. Com os números de 2010, o órgão alcança a marca de 7340 representações éticas desde a aprovação do Conselho Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária, em 1978.

Em 2010, foram analisados 423 processos. Em 166 casos (39,1%), foi solicitada alguma alteração na peça ou na campanha. Já em 147 casos (34,6%), o processo foi arquivado. 65 campanhas (15,3% dos casos) tiveram sua suspensão solicitada – entre essas, a mais conhecida foi a da Devassa Bem Loura, com a socialite Paris Hiton.

Entre os setores, os mais questionados foram produtos e serviços para saúde (50 casos, ou 13,3% do total); bebidas alcóolicas (46 processos, ou 12,2%) e veículos e acessórios (37 denúncias, ou 9,8% do total).

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • VML inaugura centro de expertise de dados na América Latina

    VML inaugura centro de expertise de dados na América Latina

    Iniciativa tem como objetivo integrar a comunidade especializada em dados e incentivar as melhores práticas acerca da temática

  • Equity Fund Group lança unidade focada em eventos e empreendedorismo

    Equity Fund Group lança unidade focada em eventos e empreendedorismo

    Vertical de negócios tem planos de ultrapassar a receita de R$ 200 milhões em 2024 e consolidar 17 eventos até o final do ano