Seguro para o mercado cresce 25% ao ano

Buscar

Seguro para o mercado cresce 25% ao ano

Buscar
Publicidade

Comunicação

Seguro para o mercado cresce 25% ao ano

Aumento no número de apólices da AIG sinaliza preocupação crescente de agências e produtoras com direitos autorais e prejuízo decorrente da publicação de preços incorretos


22 de janeiro de 2013 - 12h23

Há três anos, a companhia de seguros AIG oferece um serviço voltado a agências, produtoras e empresas de mídia que, desde 2010, tem crescido a uma taxa de 25% ao ano. A apólice de responsabilidade civil voltada ao mercado de comunicação sofreu adaptações das convencionais (normalmente contratadas por escritórios de advocacia e empresas de engenharia) para prevenir produtoras, agências e empresas de mídia de prejuízos ligados a sua atividade.

A apólice oferece cobertura em três pontos considerados sensíveis pela seguradora: calúnia e difamação (sobretudo para empresas de mídia); direitos autorais; e erros em anúncios. A cobertura para o último motivo beneficia agências e anunciante: em caso de publicação de preços incorretos, a AIG paga a diferença entre o valor anunciado e preço real do produto. Hoje, a carteira da seguradora é responsável pelos seguros de cerca de 50 empresas, a maioria agências e produtoras.

Estes contratos beiram R$ 1 milhão para a empresa (valor que significa entre 10% e 20% do total de seguros de responsabilidade civil profissional da AIG no Brasil). ). Explorar o mercado de comunicação é um investimento relativamente seguro para a empresa, de acordo com Lucas Scortecci, gerente de produtos financeiros da AIG. “Nossa expectativa de sinistralidade se mantém entre 30% e 40%, mas as notificações têm aumentado”, afirma, explicando que as notificações são avisos que podem se transformar em sinistros – quando a seguradora é acionada e paga pelo prejuízo do segurado.
 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Lendas brasileiras do esporte são homenageadas por Corona Cero

    Lendas brasileiras do esporte são homenageadas por Corona Cero

    Daiane dos Santos, Hortência, Gustavo Borges, Virna Dias, Vanderlei Cordeiro e Oscar Schmidt relembram momentos icônicos enquanto atletas

  • Paulo Vieira se torna “promotor de qualidade” de Itaipava

    Paulo Vieira se torna “promotor de qualidade” de Itaipava

    Ator produzirá conteúdo que visa destacar a sua relação com a marca e desmitificar percepções