Seis campanhas que revisam os conceitos de masculinidade

Buscar

Seis campanhas que revisam os conceitos de masculinidade

Buscar
Publicidade

Comunicação

Seis campanhas que revisam os conceitos de masculinidade

Marcas repensam sua abordagem e buscam conexão com os novos tempos


18 de janeiro de 2019 - 6h00

Campanha da Gillette reacende debate sobre masculinidade tóxica (Crédito: reprodução)

O mundo mudou e a propaganda não pode ficar no mesmo lugar. Isso inclui as redefinições do conceito de masculinidade, que em um passado muito recente era utilizado pelos anunciantes com o viés único de virilidade, dominância, potência sexual – e até uma certa violência.

Aos poucos, o mito do ‘macho alfa’ vai dando espaço para abordagens mais reais, humanas e alinhadas com os novos tempos. Algumas marcas já haviam tocado no assunto, mas talvez nenhuma delas com a contundência da campanha “The Best a Men Can Get”, lançada nesta semana pela Gillette.

A proposta é a releitura da própria abordagem dada pela empresa sobre o assunto nos últimos anos, incluindo o slogan de uma campanha de mesmo nome, lançada há 30 anos. Produzido pela Grey, o filme utiliza cenas de bullying e sexismo para questionar o papel masculino na sociedade. Nele, os homens são encorajados não só a mudarem suas atitudes, mas também contribuírem na formação de uma masculinidade menos tóxica e mais consciente.

Abaixo, outras cinco ações de marca que buscaram caminhos parecidos: usar a propaganda para redefinir o homem e suas atitudes.

Mash
A marca também notou que muitos dos elementos que utilizou em sua comunicação nas últimas décadas contribuíram para reforçar estereótipos. Com a convicção de que era necessário transformar a maneira pela qual conversava com o público, a Mash convocou a agência Soko para uma missão: redesenhar sua estratégia de comunicação. O primeiro foi apagar parte do passado: os antigos posts nas redes sociais. Na continuidade, filmes que repelem as antigas abordagens relacionadas ao universo masculino.

Reposter
Em uma postura pouco comum no universo da publicidade, a Skol decidiu olhar com franqueza para seu passado e assumir publicamente que, por muito tempo, não tratou e nem representou devidamente as mulheres em sua comunicação. A ação Reposter convidou seis ilustradoras para reconstruir campanhas e anúncios do passado da marca, no qual os corpos femininos eram usados como chamariz para a exposição da cerveja

Axe
A marca de desodorantes masculinos da Unilever foi outra a rever sua abordagem de comunicação. A campanha “Is it okay for guys?”, desenvolvida pela agência 72andSunny Amsterdam, questiona se é um erro não gostar de esportes, vestir rosa ou ter medo ou insegurança com relação a algo. O filme principal do trabalho de comunicação mostra como o universo masculino pode ser diverso.

Natura
A paternidade é um outro assunto importante dentro da caixa temática de masculinidade. No Dias dos Pais de 2018, a Natura criou uma campanha cuja intenção é a quebra do estereótipo do pai não afetivo. A criação é da Full Jazz. O filme principal apresenta uma emocional declaração paterna e promove o produto Natura Homem Verum (Verum significa verdadeiro em latim).

Huggies
Em 2016, na campanha “Deveres iguais”, criada pela VML, a Huggies não apenas defendeu o envolvimento afetivo do homem com seu filho, como também cobrou mais responsabilidade e participação efetiva dos pais na criação. O embaixador do movimento foi o escritor, blogueiro e pai Renato Kauffman, autor dos livros “Diário Grávido” e “Como nascem os pais”.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Campanhas da Semana: da TV ao cinema

    Campanhas da Semana: da TV ao cinema

    Warner Bros traz Nina Baiocchi e Toninho Tornado para promover a estreia de Twisters e Nubank convida Ana Maria Braga para ser herdeira da Casa do Dragão

  • Patrocinadora do COB, XP destaca elite do esporte brasileiro

    Patrocinadora do COB, XP destaca elite do esporte brasileiro

    Campanha reforça compromisso da marca em investir nos atletas e traz Alisson dos Santos, Rafaela Silva, Stephanie Balduccine como protagonistas