WMcCann, Publicis e Africa são as maiores compradoras de mídia do País

Buscar

WMcCann, Publicis e Africa são as maiores compradoras de mídia do País

Buscar
Publicidade

Comunicação

WMcCann, Publicis e Africa são as maiores compradoras de mídia do País

Ranking do Cenp-Meios relativo a 2021 mostra subida da Publicis da quinta para a segunda colocação; confira a lista das 50 primeiras


7 de abril de 2022 - 11h11

Presidente André França e chairman Hugo Rodrigues comandam a WMcCann, que se mantém na primeira posição do ranking

WMcCann, Publicis e Africa são as maiores compradoras de mídia do País, segundo o ranking Cenp-Meios divulgado nesta quinta-feira, 7, com dados relativos ao ano passado. A principal mudança no pódio é a subida da Publicis da quinta colocação em 2020 para a segunda em 2021. Na divulgação inicial, relativa a 2020, a Publicis chegou a aparecer em 12º lugar, mas uma nota de esclarecimento divulgada pelo Cenp em outubro corrigiu a informação, adicionando dados dos três últimos meses do ano que apareciam em outro CNPJ. Assim, a agência ocupou o 5º lugar. A WMcCann manteve a liderança também mostrada no ranking relativo a 2020 – o primeiro desta série histórica. Já a Africa passou da segunda para a terceira colocação.

O painel consolidado pelo Cenp – Fórum da Autorregulação do Mercado Publicitário mede os investimentos em mídia feitos por cerca de trezentas agências de publicidade de todo o Brasil, que somam quase R$ 20 bilhões no ano passado. O volume é bastante superior aos dos dois anos anteriores: em 2020, foram R$ 14,2 bilhões provenientes de 217 agências, e, em 2019, R$ 17,5 bilhões, com dados de 226 agências.

“Não foi nenhuma surpresa. Aconteceu antes, acontecerá no futuro: sempre que se quer acelerar o fim de uma crise, a publicidade é uma ferramenta indispensável, poderosa e rápida”, diz Luiz Lara, presidente do Cenp.

Salles Neto, CEO do Meio & Mensagem e coordenador do Comitê Técnico Cenp-Meios, destaca o crescimento de agências participantes no painel, de 37% em relação a 2020. “Este crescimento certamente reflete o reconhecimento que o mercado dá ao Cenp-Meios e ao ranking de agências”, comemora. “É muito recompensador vê-lo crescer e tornar-se uma referência tão importante para a publicidade”, diz ele, que criou o Projeto Inter-Meios, que pode ser definido como um antecessor do Cenp-Meios.

A lista do Cenp-Meios não menciona os valores de compra de mídia de cada empresa. Além disso, só inclui os nomes das agências que concordaram em participar da divulgação.

Embora sem os valores movimentados, o ranking do Cenp-Meios é uma referência importante por considerar as autorizações de veiculação em mídia efetivamente emitidas pelas agências em nome de seus clientes. Isso o difere de outros rankings usados pelo mercado, especialmente o tradicional Monitor Evolution, da Kantar Ibope Media, que é distribuído às agências assinantes, que computa os valores das tabelas que os veículos dizem cobrar, sem considerar os descontos normalmente negociados com agências e anunciantes.

No mês passado, o Cenp-Meios divulgou a divisão por meios da compra de mídia entre as agências, com o total apontando crescimento de 38,8% em 2021. É importante ressaltar, que os valores somados pelo Cenp-Meios não representam o total do bolo publicitário brasileiro, pois incluem a movimentação financeira destinada à veiculação de publicidade que passa pelas agências certificadas pelo Cenp e participantes do projeto.

Confira, a seguir, a lista das 50 maiores agências compradoras de mídia do País em 2021:

No site do Cenp é possível acessar o ranking completo, nacional e por estados, e mais informações sobre o painel, inclusive dados de anos anteriores.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Campanhas da Semana: da TV ao cinema

    Campanhas da Semana: da TV ao cinema

    Warner Bros traz Nina Baiocchi e Toninho Tornado para promover a estreia de Twisters e Nubank convida Ana Maria Braga para ser herdeira da Casa do Dragão

  • Patrocinadora do COB, XP destaca elite do esporte brasileiro

    Patrocinadora do COB, XP destaca elite do esporte brasileiro

    Campanha reforça compromisso da marca em investir nos atletas e traz Alisson dos Santos, Rafaela Silva, Stephanie Balduccine como protagonistas