TSE adota QR Code nas eleições de 2016

Buscar

Comunicação

Publicidade

TSE adota QR Code nas eleições de 2016

Criada pela Mullen Lowe Brasil, campanha anuncia o uso da leitura digital que permitirá acessar os resultados gratuitamente no celular


17 de dezembro de 2015 - 8h35

Campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) comunica a utilização da tecnologia QR Code durante as eleições de 2016. Criado pela Mullen Lowe Brasil e com produção da Visorama, o filme reforça a credibilidade, segurança e transparência do processo eleitoral e mostra como funciona a tecnologia que permitirá que os eleitores confiram todos os resultados de cada seção de forma gratuita no seu celular.

A partir das próximas eleições, o QR Code virá impresso no Boletim de Urna, após o término das votações e, assim como já é feito normalmente, uma cópia impressa do boletim será fixada em cada seção eleitoral e disponibilizada online no site do TSE. Com a leitura digital, cada cidadão poderá consultar informações, como município, UF, candidatos votados e o número de votos obtidos em uma seção específica, comparecimento e número de eleitores que faltaram, votos por partidos, brancos e nulos. Tudo em sigilo, sem identificação de quem votou e em qual candidato.

Além do filme veiculado na internet e canais de TV aberta, a campanha conta com spots de rádio e divulgação no Facebook.  

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”