O Boticário: “É sobre ser a programação, não interrompê-la”

Buscar

Comunicação

Publicidade

O Boticário: “É sobre ser a programação, não interrompê-la”

Reality show e cocriação são caminhos para marca se aproximar do consumidor, diz Cathyelle Schroeder, gerente de branding e comunicação de O Boticário

Isabella Lessa
2 de setembro de 2020 - 6h00

A influenciadora Lellê é a apresentadora de Make Me Boti, reality show de maquiagem de O Boticário (Crédito: Divulgação)

Com o intuito de se aproximar ainda mais da comunidade de fãs da marca, O Boticário está promovendo um reality de show de maquiagem, o Make Me Boti. Para isso, resolveu apostar na co-criação, que permeia tanto o desenvolvimento do projeto em si, com a participação da W3Haus e da produtora Brooke, quanto o desfecho da competição, cujo vencedor criará um produto com consultoria do anunciante.

“Acreditamos que construir junto é mais uma maneira de estar próximo da nossa comunidade e manifestar tudo que a nossa marca acredita”, afirma Cathyelle Schroeder, gerente de branding e comunicação d’O Boticário. De acordo com a profissional, o projeto reflete uma visão da marca sobre como o público consome informação hoje. A oferta de entretenimento, segundo ela, se torna ainda mais importante no contexto atual e, além disso, representa uma evolução na aposta da empresa em conteúdo nativo focado na linguagem do YouTube, voltada a ensinamentos sobre maquiagem.

“O consumo de maquiagem no digital vai além da utilidade funcional do produto. O lado lúdico e artístico da maquiagem cada vez mais ganha o espaço, diferente daquela maquiagem feita apenas para ‘corrigir imperfeições’. Maquiagem é uma maneira de se expressar e a conversa sobre maquiagem uniu uma comunidade de fãs desse segmento. E sabemos que onde tem fãs, tem show, música, reality… ou seja, entretenimento. Essa é uma maneira diferenciada de trazer os lançamentos da marca sem precisar recorrer a formatos tradicionais que já não conversam com a jornada de conteúdo do consumidor. É mais sobre ser a programação, do que interrompê-la”, diz.

Veiculado no canal Desejos de Make – que existe desde 2017 e tem mais de um milhão de inscritos – o reality mostra a disputa entre dez jovens talentos da maquiagem pelo título de Boti Creator, além de um prêmio de R$ 10 mil, visita à fábrica e consultoria para o desenvolvimento do novo produto. Às segundas, um nome importante do universo da maquiagem, como Jana Rosa, lança um desafio e, às quintas, vai ao ar o episódio com o desempenho dos participantes. A audiência pode votar pelo Stories, no perfil @oboticario. A final será disputada ao vivo no canal da marca com um duelo entre dois finalistas.

O reality também conta com a participação de influenciadores: Lellê (@lelle) é a apresentadora e Maíra Medeiros (@mairamedeiros_ ) faz as vezes de comentarista. Segundo Cathyelle, a marca decidiu combinar a presença de influenciadores com grande alcance à dos microinfluenciadores, que, segundo ela, legitimam a narrativa. “Eles falam com propriedade de cada detalhe do produto, são apaixonados, têm uma conversa muito mais solta e palpável. Juntando isso com a escala que os influenciadores consagrados dão, temos um resultado feliz para todos os lados da estratégia”, explica. Acompanhe os episódios do reality aqui:

*Crédito da imagem no topo:

 

Publicidade

Compartilhe