Tiago Ritter deixa posto de CEO e passa ao conselho da W3haus

Buscar

Comunicação

Publicidade

Tiago Ritter deixa posto de CEO e passa ao conselho da W3haus

Sócio-fundador da agência se dedicará a projetos fora do País; Guilherme Natorf e Rafael Macedo assumem como copresidentes


8 de dezembro de 2021 - 17h52

Tiago Ritter, sócio-fundador da W3haus, deixa comando da agência para se dedicar a projetos internacionais, mas segue membro do conselho da operação (Crédito: Divulgação)

O board da W3haus está passando por mudanças: Tiago Ritter, fundador e CEO da agência, deixa a função executiva e passa a fazer parte do conselho da operação.

Ele se dedicará a projetos de fora do País, mas manterá proximidade estratégica com o Grupo Stefanini, do qual a W3haus faz parte desde julho do ano passado.

No lugar de Ritter, assumem como coCEOs os sócios e executivos Guilheme Natorf, COO, e Rafael Macedo, vice-presidente de operações. Ambos seguirão com o modelo de liderança compartilhada da agência, ficado em hubs voltados às diferentes contas.

A receita a W3haus em 2021 cresceu 60% em relação ao ano passado. Entre os novos negócios estão contas como a de Quem Disse, Berenice? Mercado Livre, BTG e Eudora. O ano também foi de crescimento dentro de clientes como O Boticário, HBO e Tramontina.

Com isso, a equipe da empresa passou de 127 para 240 pessoas ao longo do último ano. Das 160 contratadas, 113 são mulheres. A W3haus tem escritórios em Porto Alegre e São Paulo, mas, durante a pandemia, ampliou contratações nas regiões Norte e Nordeste.

*Crédito da imagem no topo: Shutterstock

Publicidade

Compartilhe