Black Beef investe R$ 5 milhões em expansão

Buscar

Marketing

Publicidade

Black Beef investe R$ 5 milhões em expansão

Rede de hamburgueria de Maceió que tem ator Caio Castro entre sócios quer dobrar número de unidades


30 de julho de 2019 - 9h26

A Black Beef, rede de hamburguerias nascida em Maceió, quer dobrar seu número de unidades até o final do ano, sendo pelo menos mais dez próprias, com investimento de R$ 5 milhões — a rede também possui plano de franquia. Hoje, está em 16 cidades brasileiras, com 25 unidades em funcionamento.

 

Crédito: Marcelo Stammer/ Divulgação

Uma das forças desse crescimento é o ator Caio Castro, que é sócio e participa nas ações de marketing da rede. A Black Beff nasceu de um food truck criado em 2014 pelo chef Deco Sadigursky na capital alagoense, especializada em hambúrgueres artesanais na grelha.

Maurício Coutinho, CEO da rede, afirma que “este ano está sendo muito interessante e bastante desafiador para rede, já crescemos 33% de janeiro até junho. Inauguramos a primeira operação 100% delivery (Dark Kitchen) em Porto Alegre, que está sendo um sucesso de vendas nas principais plataformas marketplace do País”.

Questionado se algumas capitais não estão com muita concorrência desse modelo de lanchonete, o executivo discorda. “Entendemos não existir saturação por ter naturalmente uma segmentação grande de qualidade e experiência do cliente”, explica Mauricio. A empresa se coloca na modalidade fast casual, cuja proposta é entregar comidas de maior qualidade, porém sem serviço de mesa, o que permite preços mais em conta.

Hambúrguer vegano
A rede também fechou acordo com a Fazenda Futuro, de Volta Redonda (RJ), para colocar no cardápio de parte de seus restaurantes o produto de carne vegana. Por ora, as unidades de Brasília, Belo Horizonte, São Paulo e Rio Grande do Sul recebem a novidade.

Segundo Maurício, a parceria foi incentivada por dois motivos: “Primeiro, pela proposta do Black Beef de buscar novidades para nossos clientes e, segundo, pela demanda crescente por uma opção sustentável a carne bovina no cardápio vegetariano, acompanhando o movimento mundial das foodtechs, especificamente no segmento planted based”. O Futuro Burguer, usado pela rede, é um preparado proteico com grão de bico, ervilha e soja, condimentos e suco de beterraba, que emula a cor e o sangue da carne. Foi desenvolvido no Brasil por Marcos Leta, empresário que também fundou a Do Bem.

A nova parceria da Black Beef também marca o lançamento da primeira campanha institucional da rede, realizada pela Gauge, focada em digital e PDV, e Oliver Press na estratégia de PR.

Publicidade

Compartilhe