Covid-19 altera planos para Dia dos Namorados

Buscar

Marketing

Publicidade

Covid-19 altera planos para Dia dos Namorados

Segundo relatório do Google, 12% dos consumidores devem adiar a celebração da data


8 de junho de 2020 - 16h36

Segundo Google, 20% dos consumidores devem fazer jantar em casa neste Dia dos Namorados (Crédito: fotografixx/iStock)

A pandemia da Covid-19 alterou a forma com que casais pretendem comemorar o Dia dos Namorados, celebrado, no País, na próxima sexta-feira, 12 de junho. Uma pesquisa realizada pelo Google Brasil aponta que 35% dos consumidores pretendem fazer algo juntos em casa e 20% vão preparar um jantar.

Entre as coisas que a doença obrigou os brasileiros a deixar de fazer estão ir a restaurantes, com 25% das menções, além de cancelar planos de viagens (22%) e adiar a celebração da data (12%).

A pesquisa ouviu 800 brasileiros entre os dias 18 e 20 de maio em questionário online. Segundo o estudo, o distanciamento social vai mudar a forma de celebrar a data para 63% dos brasileiros em 2020.

Neste ano, o interesse por categorias de produtos relacionadas a esse tipo de comemoração aumenta conforme o Dia dos Namorados se aproxima. As principais compras para a ocasião são roupas, calçados e acessórios (25%), flores e cartões (24%), alimentos para as refeições (23%) e produtos de beleza e perfumaria (18%).

O costume de presentear na data, entretanto, não é disseminado. Em pesquisas anteriores, apenas 20% dos entrevistados declararam que dariam presentes. Em 2020, 22% disseram ter intenção de comprar presentes, 56% declararam que não iam comprar e 21% não sabiam ainda.

A forma de compra também mudará neste ano. Agora, 43% dos entrevistados declararam que irão comprar online – o que requer adaptações no presente também: 25% irão mudar para produtos mais fáceis de adquirir via e-commerce e 23%, para produtos que minimizem a necessidade de troca.

 

*Crédito da imagem no topo: Pexels

Publicidade

Compartilhe